Cada Dia, o Ano Todo!
Setembro
D S T Q Q S S
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

08 25 QUEM é O INIMIGO? oc Rv
09 07 Independência oc
09 21 Primavera * oc
* 07 20 Homem na Lua oc
Dentro.Fora da IGREJA oc
09 06 Saber o passado oc
09 16 Camada de Ozonio *oc
07 de abril Hist oc
09 11 Atitude na tragédia*
é FERIADO oc
09.01 ESPERANÇA oc
09.02 ORGANIZAR FAZ BEM oc
 



Tolo / Louco

              

A Bíblia dá  o perfil das pessoas através de suas características_
    >  pelas quais pode-se ver em que categoria  se enquadram 
                                                                ( e nós também! )

Tolo

 

Jó 5.2 Pois a dor destrói o louco, e a inveja mata o [tolo].( o tolo é invejoso)

 

Pv 12.23  - mas o coração dos [tolo]s proclama a estultícia.

 

Pv 13.16   - mas o [tolo] espraia a sua insensatez.

 

Pv 13.19  -  mas apartar-se do mal  é  abominação para os [tolo]s.

 

Pv 13.20    - mas o companheiro dos [tolo]s sofre aflição.

 

Pv 14.3  Na boca do [tolo] está a vara da soberba,...

 

Pv 14.8  ...  porém a estultícia dos [tolo]s é enganar.

 

Pv 14.16      mas o [tolo] é arrogante e dá-se por seguro.

 

Pv 14.24   -  porém a estultícia dos [tolo]s não passa de estultícia.

 

Pv 14.33  -  mas no coração dos [tolo]s não é conhecida ...a sabedoria

 

Pv 15.2    -  porém a boca dos [tolo]s derrama a estultícia.

 

Pv 15.7 ...sábios difundem conhecimento; mas não o faz o coração dos [tolo]s.

 

Pv 15.14  -  mas a boca dos [tolo]s se apascenta de estultícia.

 

Pv 17.7     Não convém ao [tolo] a fala excelente;

 

Pv 17.16 De que serve o preço na mão do [tolo] para comprar a sabedoria,
                            -  visto que ele não tem entendimento?

 

Pv 17.28   Até o [tolo], estando calado, é tido por sábio;
                               

Pv 18.2 O [tolo] não toma prazer no entendimento,
                           -  mas tão somente em revelar a sua opinião.

 

Pv 18.6      Os lábios do [tolo] entram em contendas, e a sua boca clama por açoites.

Pv 18.7     A boca do [tolo] é a sua própria destruição,
                             - e os seus lábios um laço para a sua alma.

 

Pv 19.1       Melhor é o pobre ...´(íntegro)  do que  o perverso de lábios e [tolo].

Pv 19.10     Ao [tolo] não convém o luxo;

 

Pv 19.29     ‘... açoites ( estão preparados) para as costas dos [tolo]s.

Pv 23.9       Não fales aos ouvidos do [tolo];
                                    -porque desprezará a sabedoria das tuas palavras
.

 

Pv 26.1   = neve no verão, e a chuva no tempo da ceifa: não convém ao tolo a honra

Pv 26.3      O açoite é para o cavalo, o freio para o jumento:
                                  - e a vara para as costas dos [tolo]s.

Pv 26.4     Não respondas ao [tolo] segundo a sua estultícia,
                                     -  para que também não te faças semelhante a ele.

 

Pv 26.5      Responde ao [tolo] segundo a sua estultícia,
                                     - para que ele não seja sábio aos seus próprios olhos.

Pv 26.6 Os pés decepa, e o dano bebe, quem manda mensagens pela mão dum [tolo]

.

Pv 26.7 As pernas do coxo pendem frouxas; assim é o provérbio na boca dos [tolo]s.

Pv 26.8 Como o que ata a pedra na funda, assim é aquele que dá honra ao [tolo].

 

Pv 26.9 = espinho que entra na mão do ébrio, assim é o provérbio na mão dos [tolo]s.

Pv 26.10 Como o flecheiro que fere a todos,
                       -  assim é aquele que assalaria ao transeunte [tolo], ou ao ébrio.

Pv 26.11 Como o cão que torna ao seu vômito,
                           -   assim é o [tolo] que reitera a sua estultícia.

Pv 26.12 Vês um homem que é sábio a seus próprios olhos?
                         -  Maior esperança há para o [tolo] do que para ele.

 

Pv 29.11 O [tolo] derrama toda a sua ira; mas o sábio a reprime e aplaca.

Pv 29.20            Vês um homem precipitado nas suas palavras?
                                        - Maior esperança há para o [tolo] do que para ele.

 

Pv 30.22        a Terra se alvoroça...pelo  o [tolo] quando se farta de comer;

Ec 4.5     O [tolo] cruza as mãos, e come a sua; própria carne.

 

Ec 5.1      Guarda o teu pé, quando fores à casa de Deus; porque chegar-se para ouvir é
                - melhor do que oferecer sacrifícios de [tolo]s; pois não sabem que fazem mal.

Ec 5.3      - da multidão de palavras ( vem) , a voz do [tolo].

 

Ec 5.4        Quando a Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo;
                        - porque  (Deus)  não se agrada de [tolo]s. O que votares, paga-o.

Ec 7.4        -  o coração dos [tolo]s (está) na casa da alegria.

 

Ec 7.5     Melhor é ouvir a repreensão do sábio do que ouvir alguém a canção dos [tolo]s.

Ec 7.6   - qual o crepitar dos espinhos debaixo da panela, tal é o riso do [tolo]; é vaidade.

 

Ec 7.9     à  Não te apresses...a irar-te,  porque a ira abriga-se no seio dos [tolo]s.

Ec 7.17   à Não sejas demasiadamente ímpio, nem sejas [tolo];
                            -
por que morrerias antes do teu tempo?

Ec 9.17      As palavras dos sábios ouvidas em silêncio
                       -  valem mais do que o clamor de quem governa entre os [tolo]s.

Ec 10.2      O coração do sábio o inclina para a direita,
                        - mas o coração do [tolo]  o  inclina para a esquerda.

Ec 10.3      -  até quando o [tolo] vai pelo caminho, falta-lhe o entendimento,
                         -  e ele diz a todos que é [tolo].

Ec 10.12      As palavras da boca do sábio são cheias de graça,
                         - mas os lábios do [tolo] o devoram.

Ec 10.14   O [tolo] multiplica as palavras, todavia nenhum homem sabe o que há de ser;
                          - e quem lhe poderá declarar o que será depois dele?

Ec 10.15     O trabalho do [tolo] o fatiga, de sorte que não sabe ir à cidade.

 

Is 32.5          Ao [tolo] nunca mais se chamará nobre,
Is 32.6           o [tolo] fala tolices, seu coração trama iniqüidade,
                      - para cometer profanação e proferir mentiras contra o Senhor,
                         -  para deixar com fome o faminto e fazer faltar a bebida ao sedento.

              J  o tolo fala o que ACHA sobre Deus: não investiga,  não busca conhecer

              Também não se importa com a necessidade dos outros: só vê a sua própria

 

LOUCO

Pv 1.7       - os loucos desprezam a sabedoria e a instrução

Pv 1.32     - a prosperidade  dos [louco]s os destruirá (corr).

                      ( aos loucos, a sua  impressão  de bem estar  os leva à perdição_ RA)

 

Pv 3.35      -  a exaltação dos [louco]s se converte em ignomínia.

Pv 8.5    à  Aprendei, ó simples, a prudência; entendei, ó [louco]s, a sabedoria.

Pv 26.18       Como o [louco] que atira tições, flechas, e morte,
                - assim é o homem que engana seu próximo e diz: Fiz isto de brincadeira

Ec 2.14        -  o [louco] anda em trevas;
Is 35.8   ‘... ali haverá uma estrada, um caminho que se chamará o caminho santo;
      ...será para os remidos.  Os caminhantes, até mesmo os [louco]s, nele não errarão.

 

Is 44.25      ‘... desfaço os sinais dos profetas falsos, e torno [louco]s os adivinhos,
                 -  que faço voltar para trás os sábios, e converto em loucura a sua ciência;

Jr 10.8      -   eles todos são embrutecidos e [louco]s  ( os idólatras)

  

Jr 50.38    -  eles pelos seus ídolos fazem-se [louco]s.

Os 9.7      -   o homem possesso de espírito é um [louco];
                -  por causa da abundância da tua iniqüidade e do teu grande ódio. 
J 

 

       








Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2018 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.