Cada Dia, o Ano Todo!
Outubro
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

08 25 QUEM é O INIMIGO? oc Rv
09 07 Independência oc
09 21 Primavera * oc
10.15 ...* Deus que ensina oc
* 07 20 Homem na Lua oc
11.14 ..cristão tem ídolos? oc
Dentro.Fora da IGREJA oc
10.23...* Dia do aviador, d.e
...Eleições, prs
09 06 Saber o passado oc
10.23 Oc...* Leis da Aerodinâmica
09 16 Camada de Ozonio *oc
07 de abril Hist oc
09 11 Atitude na tragédia*
10 09 dia da criança oc
10.12 APARECIDA oc
10 22 Deus Criador oc
é FERIADO oc
09.01 ESPERANÇA oc
09.02 ORGANIZAR FAZ BEM oc
 



00...A pessoa de Jesus

ENTENDENDO A PESSOA DE JESUS:   Por que quatro Evangelhos?


Cada um mostra uma faceta da pessoa e do ministério do Jesus, o Filho de Deus. Tratam, principalmente, do tempo em que Ele viveu nesta terra mas há “flashes”que nos levam a olhar para o passado até “o princípio...” através de todo o Velho Testa-mento pelas profecias que Ele veio cumprir ou textos citados das Escrituras. Também chama a atenção para o futuro distante, “o fim dos tempos” até à eternidade.

    # A vida de Jesus só tem sentido se observada pela perspectiva eterna.

Sob o prisma meramente humano, Ele pode ser considerado excêntrico, lunático que se dizia Deus, um curandeiro e fazedor de milagres, até mesmo um rebelde, quebran-do a Lei e padrões sociais estabelecidos há séculos, um revolucionário, possível amea-ça ao poderio romano na Palestina.  MAS... considerado no devido contexto, ao qual Ele pertence, a ETERNIDADE...então, sim, a pessoa que se chamou Jesus traz ao coração, mais do que aos sentidos, a maravilhosa mensagem do amor e fidelidade  de Deus bem como do alto preço que Ele Se dispôs a pagar a fim de dar aos seres humanos, Suas criaturas, a possibilidade de retornar à comunhão com Ele, o Criador, e desfrutar da comunhão com Deus  por toda a eternidade: a VIDA  ETERNA.

No princípio, GN 1.1  e João 1.1/  Antes da fundação do mundo, JO 17.24 ,  EF 1.4   1 PE 1.20

                                                        Desde a fundação do mundo _AP 13.8 

No Édem, GN 3.15

Através de tipos e profecias por todo o Velho Testamento  (em pauta, Is 60.22) 

Nos Evangelhos _ o Verbo “tabernaculou” entre nós   JOÃO 1.14

Nas epístolas, a revelação de Jesus para Sua Igreja   (em pauta, Is 60.22)

No Apocalipse, Jesus vivo,glorificado [ AP 1.12-18] 
                      à destra da Majestade nas alturas, CAP 4

                           4  rostos: Ap  4.6-7= EZ 1.10 =bandeiras das tribos= Evang/s

                           Jesus, Senhor da Igreja_ AP cap 2 e 3  e  6.9-11 

                           Senhor da Era cristã _ AP cap 5- 6 1-8   e 8-9 e 11 e 13 

                           Senhor dos judeus _ AP cap 12  e 7.1-8  e 14.1-5

                           Senhor dos eventos futuros _ AP 8 a 11 e 13  e 14.6 e 16  a 19.1-10

                           O que vem (19.11-16) para...
                            ...  destruir  a trindade satânica _ AP 19.19-20  e 20.1-3

                            ...  julgar as nações  AP 19.17-18,21  

                            ...  estabelecer o Milênio  AP 20.4c

                            ...  vencer a última batalha_ AP 20.7-10

                            Jesus, o Alfa e o Omega  _ AP  22.13 

                            Jesus, finalmente, entregando tudo de volta a Deus. 1 Co 15.28

 

* A pessoa de Jesus veio para “os seus”: o povo judeu que deveria tê-lO reconhecido como o Messias, a própria causa do contexto histórico pelo qual vieram a existir, Jo 1.11

*Para nós, os “gentios”, a pessoa de Jesus não faz muito sentido; Ele é recebido pela fé. 

*Quando se pergunta: POR QUE JESUS?  (e não  Maomé, Buda ou qualquer outra filosofia...) *Vamos encontrar a resposta através da leitura do Velho Testamento:

 

1-Inicialmente Deus trata com indivíduos: Adão, Gn 2.7, 3; Sete, Enos, Enoque, Lameque

2-Com o dilúvio, Deus passa a lidar com famílias: Noé, Gn 6.8 Sem, Abraão, Isaque, Jacó

3-No Egito(êxodo) Deus forma Seu povo, o povo de Israel, saem do Egito para tomarem posse de Canaã_ terra prometida a Abraão (Js, Jz) preparando o estabelecimento da
4-
NAÇÃO  israelita (Samuel)    a partir da qual Deus trata com uma linhagem real:
               a descendência de Davi pela qual viria o Descendente, profetizado  Gn 3.15.

* A promessa do Descendente que viria para restabelecer a comunhão com Deus, destruindo “a serpente” e sendo ferido no processo (Gn 3.15) perdeu-se no tempo...

* A promessa do Messias: não tão antiga e mais gloriosa, foi logo estabelecida entre o povo: o Rei político  que viria trazer de volta a soberania nacional e toda a grandeza do passado:  do tempo de Davi e Salomão.   2Cr 7.17-18, Sl 89.34-37, Lc 1.30-33    

* Por todo o Velho Testamento, há  “pistas” para reconhecimento do Messias, 
  #  sem sombra de dúvidas, através das profecias cumpridas todas por Jesus .

* Como num grande quebra-cabeças, juntando-se todas as “peças”das profecias referentes à Sua primeira vinda, surge um perfil que ‘veste’ exatamente na pessoa de Jesus e pode-se dizer, com exultante certeza, É  ELE ! 
            ( Assim será quanto às profecias referentes à Sua segunda vinda)

*Fato é que os judeus não atinaram que haveria duas vindas ! (ou duas fases,
       > e  entre elas, o período da Graça para todos os homens, a fase da Igreja)

*Teria sido diferente se os judeus O tivessem reconhecido e aceitado como o Messias imediatamente? * Não! Mesmo que aceito por todo o povo judeu, Jesus ainda assim iria morrer na cruz pela mesma acusação: REI DOS JUDEUS !  Sl 22, 69 Is 53   Lc 23.28        
       (pois morte na cruz era condenação ROMANA! O crime? Fazer-se rei dos judeus)

 

* Cada Evangelho enfoca o Messias num aspecto:

Mateus mostra Jesus como o Descendente com direito legal ao trono de Israel, Mt 1 

             há cerca de 60 referências do Velho Testamento cumpridas na pessoa de Jesus.

Marcos  mostra Jesus o que veio “destruir as obras do diabo”, a Quem  as obras das 
             trevas se Lhe sujeitaram, e foram  despojadas e vencidas na cruz_ 
Cl 2.15,

cumprindo o predito em Gn 3.15

Lucas mostra o Filho do homem, perfeitamente humano como Adão antes da queda,          

          mas não sendo da raça de pecadores por ter sido gerado pelo próprio Deus  

                                     Atentar para a genealogia de Lucas 3.

João revela o Filho de Deus, perfeitamente Deus em Seu Espírito,

                                   reportando-nos ao “Princípio”  João 1.1

 

Adendo:  Tais aspectos foram representados e prefigurados em alguns textos :

  LEÃO     ...evang de Mateus,enfoca  Jesus como  o Leão da tribo de Judá.

               Símbolo da bandeira da tribo de Judá* _  

                              Um dos animais de Apocalipse  4.7  e  Ez 1.10  

BEZERRO (BOI) ... evang de Marcos, símbolo do sacrifício _aponta para a cruz onde 
    Jesus derrotou a “serpente” / “o que venceu” foi morto mas está vivo  Ap 1.18,  5.5

              Símbolo da bandeira da tribo de _Efraim* ,ver também  Ap 4.7,Ez 1.10   

HOMEM ... evang de Lucas: o homem sem pecado, morto indevidamente,

              - que derramou Seu sangue como preço de resgate da Humanidade

              - chamado Jesus, que “salvará seu povo de Seus pecados”  Mateus 1 21

              Símbolo da bandeira da tribo de Rubem*, ver também Ap 4.7 e Ez 1.10

ÁGUIA ... evang de João: Deus que “tabernaculou” entre nós na pessoa de Jesus  

              Símbolo da bandeira da tribo de _Dã*,  ver também  Ap 4.7 e Ez 1.10

  • Extr  Livros Históricos_ Hoff, IBB

Agora  sim: os 4 relatos entrelaçados dão-nos  idéia geral da vida  prefigurada pelos fios dos panos que cobriam as portas do tabernáculo, com suas cores simbólicas, Ex.35.36

 Púrpura (realeza) Carmesin (sangue) Linho fino (justiça) Azul do céu (divino)


Jesus, a Porta, João 10.9  #

 







Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2018 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.