Cada Dia, o Ano Todo!
Setembro
D S T Q Q S S
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

08 25 QUEM é O INIMIGO? oc Rv
09 07 Independência oc
* 07 20 Homem na Lua oc
Dentro.Fora da IGREJA oc
09 06 Saber o passado oc
09 16 Camada de Ozonio *oc
07 de abril Hist oc
09 11 Atitude na tragédia*
é FERIADO oc
09.01 ESPERANÇA oc
09.02 ORGANIZAR FAZ BEM oc
 



Beber o cálice... %


MANÁ DA SEGUNDA  www.cbmc.org.br

                                                          www.facebook.com/groups/CBMCBRASIL

27 de agosto de 2018

Vinte anos servindo às comunidades empresarial e profissional


Escolher ou Recusar Beber o Cálice   Por Sergio Fortes

Seja em nossa vida pessoal ou profissional, há momentos em que parece que nada funciona. Não importa o que façamos — tudo dá errado. Sentimo-nos como se tivéssemos chegado ao fim, seja em nossa carreira, na luta para alcançar um objetivo importante ou salvar um relacionamento valioso. Nossas mentes ficam sobrecarregadas com pensamen-tos negativos. Amigos e parentes próximos parecem distantes, deixando-nos cercados por sentimentos de solidão. A destruição pressentida parece ser apenas questão de tempo.  

Acreditamos que tudo o que importa, seja no mundo corporativo, nossas buscas pessoais ou mesmo em nossas vidas espirituais, é o sucesso. Se nossa história não é a de alguém bem-sucedido, só pode ser uma coisa: um fracasso. Infelizmente, ninguém está interessado no fracasso. 
     Em seu livro, o escritor  Henri Nouwen, destacado expoente da espiritualidade século passado, nos lembra que os episódios da vida se alternam, num fluxo e refluxo natural: alegria e tristeza, sucesso e fracasso, saúde e enfermidade, do mesmo modo que as estações do ano. A Bíblia tem muito a nos falar sobre essas estações. Na verdade, o Antigo Testamento afirma:  “Here and Now” (lançado no Brasil com o título, Mosaicos do Presente),  “Para tudo há uma ocasião certa; há um tempo para cada propósito debaixo do céu: tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de derrubar e tempo de construir”(Eclesiastes 3.1-8). 

     Durante Seu tempo na terra, Jesus Cristo de Nazaré considerou os momentos de dor e fracasso como partes integrante de Sua vida. Falando a Pedro, um de Seus seguidores mais chegado, e o mais impulsivo, Ele o repreendeu na noite em que foi traído: Ele compreendeu que aquela era uma provação que não poderia evitar.  “Guarde a espada!  Acaso não haverei de beber o cálice que o Pai Me deu?” (João 18.11). 

     Pedro pensava que aquilo era inaceitável e recusou-se a tolerar algo que via como um fracasso. Preferiu sacar a espada que tinha camuflado habilmente e lutar contra os acusadores de Jesus. Atacar os atacantes. Cortar uma orelha. Ele estava disposto a tudo, menos a “beber o cálice”. 

    Todos nós queremos usar nossas próprias “espadas” para repelir as investidas da vida
   Essas armas aparentemente protetoras, podem ter a forma de uma gorda conta bancária, cartões de crédito sem limite, uma grande poupança, um amigo rico a quem podemos recorrer nas crises, ou bens materiais que podemos facilmente vender em caso de necessidade. Mas será que elas são realmente eficientes ou apenas bengalas que retardam o processo inevitável de “beber o cálice”?  
 

   Distinguir entre quando lutar e quando beber o cálice exige discernimento espiritual.
  Cercado pela fúria, por soldados armados e violentos, Jesus viu para além do cerco que Lhe faziam. Entendeu que não era o momento de lutar, mas sim de aceitar a vontade de Deus, mesmo que isso significasse amargo sofrimento, dor e morte. Era necessário que Ele bebesse o cálice. Seu propósito era expiar o pecado da raça humana.

    Essa não é apenas uma ilustração espiritual. Para cada um de nós que labuta no mundo empresarial e profissional, às vezes, o “cálice” é inevitável. Talvez você esteja vivendo um momento assim em sua vida atualmente. Pedem que você beba o cálice, mas você não gosta nem um pouco. Quem pode preferir o sofrimento e amargura ao invés do sucesso? 

     Nessas circunstâncias, precisamos de sabedoria para entender o que está acontecendo ou vai acontecer. Mas as Escrituras nos oferecem conforto. O salmista Davi escreveu: E no versículo 11, ele conclui:  Ele estava seguro de que Deus usa até mesmo os piores momentos para o bem.“Pois a Sua ira só dura um instante, mas o Seu favor dura a vida toda; o choro pode persistir uma noite, mas de manhã irrompe a alegria” (Salmos 30.5). “Mudaste o meu pranto em dança, a minha veste de lamento em veste de alegria.” 

 

Você passou por um período em que nada parecia funcionar, não importando o que tentasse, tudo dava errado? Como foi que você reagiu? Quero desafiá-lo a confiar que
DEUS está com você em todas as circunstâncias e transformará seu pranto em dança!

 

Próxima semana tem mais!    
    Sergio Fortes é consultor em Liderança Estratégica e Gestão Logística, membro do CBMC BRASIL desde 1996 (). Tradução de . Revisão e adaptação de ().fortes.sergio@gmail.comMércia PadovaniJuan Nietojcnieto20@gmail.com  
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Questões Para Reflexão ou Discussão

1. Quando foi a última vez em que você passou por um período em que nada parecia funcionar e, não importa o que tentasse, tudo dava errado?  Como você reagiu?

2. Você concorda com o autor que afirma haver estações inevitáveis na vida, tempos para alcançar sucesso e tempos para fracassar, tempos para avançar e tempos para parar, ou mesmo recuar?  Explique sua resposta.

3. O que você acha que Jesus Cristo quis dizer ao falar que precisava “beber o cálice” que Deus tinha Lhe dado? 4

4. O quanto a fé ajuda a suportar períodos em que tudo parece ir mal e não existe nenhuma evidência aparente de que as coisas mudarão em breve? 

Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Eclesiastes 3:1-15; Romanos 5:3-5; Hebreus 11.39-40; Tiago 11-28; 1Pedro 1.6-7.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

MANÁ DA SEGUNDAé uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. ® © 2018 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL - E-mail: -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, inglês, italiano e japonês.  adm.mana@cbmc.org.br

 

Somos contra o SPAM na rede e em favor do direito à privacidade. Esta mensagem não é considerada SPAM, pois o remetente está identificado, o conteúdo claramente descrito e com a opção de exclusão de seu e-mail. Para exclusão do seu nome de nossa lista de mailing , por favor, envie um email para  escrevendo 'REMOVER' no campo de assunto.adm.manacbmc.org.br

Questões Para Reflexão ou Discussão

1. Quando foi a última vez em que você passou por um período em que nada parecia funcionar e, não importa o que tentasse, tudo dava errado?  Como você reagiu?

2. Você concorda com o autor que afirma haver estações inevitáveis na vida, tempos para alcançar sucesso e tempos para fracassar, tempos para avançar e tempos para parar, ou mesmo recuar?  Explique sua resposta.

3. O que você acha que Jesus Cristo quis dizer ao falar que precisava “beber o cálice” que Deus tinha Lhe dado? 4

4. O quanto a fé ajuda a suportar períodos em que tudo parece ir mal e não existe nenhuma evidência aparente de que as coisas mudarão em breve? 

Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Eclesiastes 3:1-15; Romanos 5:3-5; Hebreus 11.39-40; Tiago 11-28; 1Pedro 1.6-7.







Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2018 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.