Cada Dia, o Ano Todo!
Maio
D S T Q Q S S
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

05 13 LIVRES por Jesus ! oc
05 01 Dia do Trabalho oc
05 02 sobre o Trabalho oc rfx
05 13 Abolição oc
05 15 Efeitos da libertação oc rfx
Dentro.Fora da IGREJA oc
05 04 Mãe, que presente quer ? oc
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
07 de abril Hist oc
é FERIADO oc
*Devocionais de janeiro oc
uma cançãopara amenizar
 



Paz no tumulto %

à parte do site: Nesta semana antes do Dia  das Mães, uma boa
diretriz a todas elas, e a quem quer se fazer ouvir: 
 
o falar manso cala mais fundo no coração

Então, Líderes (pais professores, chefes e pastores) falar baixo com   coração quieto e submisso a Deus ( sem irritação nem ira e sobre o que é justo aos olhos de Deus)  produz efeito muito mais eficaz e duradouro > ver no adendo uma piadinha de filho

 

MANÁ DA SEGUNDA  www.cbmc.org.br

                                                    http://www.facebook.com/groups/CBMCBRASIL

                                                                https://manadasegunda.podbean.com/

4 de maio de 2020

Vinte e dois anos servindo às comunidades empresarial e profissional


Escolher Calma e Quietude em um Mundo Irado e Barulhento

Por Rick Boxx

 

Três pessoas foram convidadas para debater um tópico emocionante em um programa de entrevistas. A discussão entre dois convidados e o entrevistador ficou tão intensa que eles começaram a gritar um com o outro. (Sei que isso se tornou quase que um comportamento padrão na mídia televisiva ou radiofônica atual, mas quero ressaltar o que aconteceu em seguida.)

 

Finalmente, depois que a gritaria já tinha se prolongado por vários minutos, o entrevistador interrompeu a disputa perguntando à terceira convidada, que estivera silenciosa até então, qual era sua opinião. Suas palavras mansas e ponderadas trouxeram ordem ao caos. Não apenas isso, mas sua conduta também a fez parecer mais digna de crédito do que os outros com sua gritaria estridente.

 

Em nosso mundo atual, com ruídos de todas as direções vindo sobre nós, alguns decidiram que aqueles que gritam mais alto vencem. É uma nova abordagem para o dito popular “Quem não chora, não mama”. Mas, na realidade, a calma e uma abordagem serena na comunicação ainda é mais eficiente e, na maioria das vezes, causa maior impacto.

 

Essa não é, de modo algum, uma revelação nova. A Bíblia, que alguns consideram ser o maior livro sobre práticas profissionais e empresariais, tem muito a dizer sobre as forças, fraquezas e armadilhas da palavra oral. Por exemplo, Provérbios 15:1 declara: “A palavra calma desvia a fúria, mas a palavra ríspida desperta a ira.” Outra passagem diz: “O coração do sábio ensina a sua boca, e os seus lábios promovem a instrução.” (Provérbios 16:23).

 

Tais admoestações não se limitam aos programas de entrevistas da TV ou do rádio. Anos atrás, líderes civis reuniram-se numa grande cidade para discutir a possibilidade de apresentar uma proposta para sediar os Jogos Olímpicos de Verão. A discussão tornou-se negativa, com a maioria dos participantes mantendo o foco sobre os potenciais problemas que sediar um evento daquela magnitude poderia causar.

         Depois de o debate ter se prolongado por mais de duas horas, o líder do encontro voltou-se para um dos mais novos membros do grupo. Esse indivíduo ainda teria que apresentar alguns comentários, por isso o moderador perguntou: “Ted, você ainda não disse nada. Qual é a sua opinião?” Com todos os demais no recinto sentados em silêncio e expectativa, ele calma e serenamente respondeu: “Não havendo bois, o celeiro fica limpo...”

     Somente dois ou três minutos tinham passado, mas pareceram horas até que alguém no grupo ponderasse sobre o que Ted acabara de dizer. De repente, alguém disse com entusiasmo: “Quer saber? Ele está certo!” E, a partir daquele ponto, o encontro tomou outro rumo. Ted não disse a eles que sua frase era uma citação da Bíblia, Provérbios 14:4, mas o seu significado ficara claro: Sem ordenha, não há leite. Ou, colocando em termos que melhor se aplicam ao ambiente de trabalho, para realizar alguma coisa importante, você precisa estar disposto a confrontar desafios inevitáveis.

   
      As Escrituras nos dizem que o meio preferido por Deus para comunicar-se com seu povo é suave, não através de gritos ou mensagens dramáticas. Em I Reis 19, lemos sobre Elias, o qual foi usado por Deus para realizar uma série de milagres. Em seguida, física e emocionalmente exausto, o profeta fugiu depois de saber que a malévola rainha Jezabel procurava matá-lo. Depois de descansar e ser revigorado, Elias esperou pelas novas instruções de Deus. Veio, então, um poderoso vento, depois um terremoto. O versículo 12 nos diz: “Depois do terremoto houve um fogo, mas o Senhor não estava nele. E depois do fogo houve o murmúrio de uma brisa suave.”

      Deus escolheu comunicar-se com Elias com palavras suaves que somente o profeta atento poderia ouvir. Para todos nós no mercado de trabalho, a aplicação é simples: Para vender o nosso produto ou ideia, às vezes um sussurro suave é melhor do que um grito. E se você orar a respeito de decisões importantes, talvez Deus queira que você espere pelo seu sussurro.

 

Próxima semana tem mais!



Questões Para Reflexão ou Discussão

 

1. Qual sua reação diante de pessoas trocando palavras aos gritos e raivosamente, quer seja num programa de entrevistas ou numa reunião de trabalho?

2. Por que, em sua opinião, algumas pessoas parecem pensar que quanto mais alto gritarem mais chances têm de persuadir ou influenciar os discordantes? Você concorda com isso? Explique sua resposta.

3. Você pode citar uma ocasião em que tenha visto alguém comunicar sua opinião de maneira calma e serena? Essa abordagem é eficaz para você?

4. Deus já comunicou alguma coisa a você de maneira suave, num sussurro? Como foi a experiência e como você reagiu?

 

Nota: Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Provérbios 16:24; 17:14,28; 18:13,21; 21:23; 22:11; 25:11,15; Mateus 5:3-8.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - -- - - -- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 
 

Rick Boxx é presidente e fundador da 'Integrity Resource Center', escritor internacionalmente reconhecido, conferencista, consultor empresarial, CPA, ex-executivo bancário e empresário. Adaptado, sob permissão, de 'Momentos de Integridade com Rick Boxx', um comentário semanal acerca de integridade no mundo dos negócios, a partir da perspectiva cristã. Tradução de Mércia Padovani. Revisão de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com).


MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2020 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL - E-mail: adm.mana@cbmc.org.br - Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e japonês.


Somos contra o SPAM na rede e em favor do direito à privacidade. Esta mensagem não é considerada SPAM, pois o remetente está identificado, o conteúdo claramente descrito e com a opção de exclusão de seu e-mail. Para exclusão do seu nome de nossa lista de mailing , por favor, envie um e-mail para adm.mana@cbmc.org.br escrevendo 'REMOVER' no campo de assunto.


ADENDO

UNS MNINOS JAGVAM BOLA NO CAMPINHO. NA HORA DO JANTAR, A MÃE DE UM DELES GRITOU, CHAMANDO-O PELO NOME. O MENINO NÃO SE ABALOU. continuou jogando . O AMIGINHO PERGUNTOU: 
             -  'NÃO  OUVIU SUA MÃE CHAMAR? '
- ' SIM, respondeu o menino, MAS AINDA NÃO CHEGOU NO TOM DO SI BEMOL'

leia-se: ela ainda não está tão irritada a ponto de sua voz ficar super esganiçada...

 Filhos são assim: esperam até o ponto máximo dos pais.mas se souberem que vc  fala sério  com o tom de voz normal, irá  evitar muita  ira e frustração. -x-

 







Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2020 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.