Cada Dia, o Ano Todo!
Janeiro
D S T Q Q S S
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

10.12 oc...como CRIANÇAS!
* 12.10...Bela Mensagem (IBR)
01.25 ...Anchieta oc
* 12.17 ...Símbolos do Natal
* 12.18 ...Origem do Natal
01.25 ...Pequenos Começos oc rfx
Dentro.Fora da IGREJA oc
* 12.21...Início do verão
12.23 ... ***Por que 25 de dezembro?
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
07 de abril Hist oc
* 12.13 Como temos a Bíblia? esc
01.02 Já leu a Bíblia toda? oc
Afinal, quem é ...
12.14 X Feriado pagão?
é FERIADO oc
*Devocionais de janeiro oc
vamos ler juntos! oc
APENAS UM... oc
 



Valor de um amigo %

z

MANÁ DA SEGUNDA

www.cbmc.org.br

http://www.facebook.com/groups/CBMCBRASIL

https://manadasegunda.podbean.com/

4 de janeiro de 2021

Vinte e três anos servindo às comunidades empresarial e profissional


Jamais Subestime o Valor de Um Amigo

Por Rick Boxx

 

Caso algum dia você já tenha assistido na TV a um documentário sobre vida selvagem mostrando um leão caçando sua presa, você terá reconhecido uma prática comum do felino: descobrir a gazela mais lenta e fraca, e isolá-la do bando. Uma vez que a presa tenha sido isolada, a vitória estará assegurada. Há segurança no fato de fazer parte de um grupo; sozinha, a presa não tem esperança.

       Esta questão aparece igualmente no mercado de trabalho. Pessoas ambiciosas e determinadas, dispostas a fazer o que for preciso para alcançar seus objetivos e avançar em sua carreira preferem fazer tudo sozinhas. Ao invés de associar-se a outros, buscando elevar os respectivos níveis de habilidades e forças, o “cavaleiro solitário” sai em busca do prêmio ignorando as armadilhas que estão mais à frente. Muitas estrelas em ascensão colidiram e se incendiaram estrondosamente pela falta do suporte e prestação de contas que acompanham o indivíduo que é parte de uma equipe eficiente em plena operação. 

     Em um sentido profissional, pessoal e espiritual, nós temos um inimigo que – como o leão astuto – também deseja nos isolar de forma a sermos abatidos moralmente, porque ele sabe que atingimos o máximo da nossa fraqueza quando estamos sozinhos. Se permitirmos que o orgulho nos impeça de chamar um amigo quando sentimos estar em perigo, estamos propensos à destruição.  

     Muitas e muitas vezes lemos nas Escrituras sobre a importância de juntar forças com outras pessoas quando temos objetivos em comum: 

 

1- A segurança encontrada na quantidade.  Encontramos inúmeros exemplos de como é mais eficaz trabalharmos juntos, seja em um projeto ou na solução de um problema, do que tentarmos realizar as coisas sozinhos. Dois cavalos ou bois, podem puxar um peso muitas vezes superior ao que um único animal poderia. Vemos isso o tempo todo no ambiente empresarial também. “É melhor ter companhia do que estar sozinho, porque maior é a recompensa do trabalho de duas pessoas. Se um cair, o amigo pode ajudá-lo a levantar-se. Mas pobre do homem que cai e não tem quem o ajude a levantar-se!...Um homem sozinho pode ser vencido, mas dois conseguem defender-se.Um cordão de três dobras não se rompe facilmente” Eclesiastes 4:9-12

  2- O valor de um amigo confiável.  Às vezes, tudo o que precisamos é de um único amigo confiável, alguém que se importe conosco o bastante para nos dizer a verdade, mesmo quando o que tiverem a dizer seja duro de ouvir. “Quem tem muitos amigos pode chegar à ruína, mas existe amigo mais apegado que um irmão.” (Provérbios 18:24).  

3- Os benefícios da fricção amigável.  Às vezes voam “faíscas” quando interagimos com outras pessoas, seja em interações criativas ou no recebimento de críticas construtivas. Como diz o adágio, “Nenhum de nós é tão inteligente quanto todos nós juntos.” Os benefícios potenciais de andar ombro a ombro uns com os outros no ambiente de trabalho são incomensuráveis. “Assim como o ferro afia o ferro, o homem afia o seu companheiro.”  (Provérbios 27:17).  

4- A importância do encorajamento mútuo.  Enfrentar os desafios e lutas da vida e do trabalho às vezes pode parecer avassalador. Ter outras pessoas ao nosso lado para oferecer apoio, conselhos úteis e afirmação faz uma tremenda diferença na forma de lidarmos com as dificuldades e reveses. “consideremos uns aos outros para nos incentivarmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas procuremos encorajar-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês veem que se aproxima o Dia.” (Hebreus 10:24-25).

      Quando estamos descansados, bem alimentados, calmos e satisfeitos, somos tentados a acreditar que não precisamos de ninguém mais, que podemos lidar com todo e qualquer obstáculo sozinhos. Mas em tempos assim podemos nos tornar mais vulneráveis, baixando a guarda contra as tentações e ameaças externas. Portanto, seria sábio estarmos atentos e sermos cuidadosos. Quando você se sente faminto, irritado, solitário ou cansado, não insista em confiar em sua autossuficiência. Procure um amigo. Isso pode livrá-lo da destruição.

 

Próxima semana tem mais!


Rick Boxx é presidente e fundador da 'Integrity Resource Center', escritor internacionalmente reconhecido, conferencista, consultor empresarial, CPA, ex-executivo bancário e empresário. Adaptado, sob permissão, de 'Momentos de Integridade com Rick Boxx', um comentário semanal acerca de integridade no mundo dos negócios, a partir da perspectiva cristã.  Tradução de Mércia Padovani. Revisão de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com).


MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2020 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL -  E-mail: adm.mana@cbmc.org.br -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e japonês.


Somos contra o SPAM na rede e em favor do direito à privacidade. Esta mensagem não é considerada SPAM, pois o remetente está identificado, o conteúdo claramente descrito e com a opção de exclusão de seu e-mail. Para exclusão do seu nome de nossa lista de mailing , por favor, envie um e-mail para adm.mana@cbmc.org.br escrevendo 'REMOVER' no campo de assunto.


Questões Para Reflexão ou Discussão  

 

1. Pensando na imagem de um leão furtivamente caçando um animal que se separou do bando, que ideias ou sentimentos lhe vêm à mente?

2. Já houve um tempo em que você se sentiu como uma “presa”, separado e isolado dos demais? Como foi esse momento? Resultaram consequências adversas para você?

3. Qual foi o seu melhor exemplo de trabalhar junto com outras pessoas e não escolher adotar a abordagem “cavaleiro solitário” tentando fazer tudo sozinho? Descreva a diferença que viu no resultado.

4. Qual dos textos bíblicos citados é mais significativo para você ou lhe deu mais em que meditar? Explique sua resposta.

 

Nota: Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Êxodo 4:14-16; Provérbios 11:14;  15:22;  20:18;  Mateus 10:1-10;  Marcos 6:7;  Hebreus 3:12-14.  

z






Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2021 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.