Cada Dia, o Ano Todo!
Abril
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930    
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

08 25 QUEM é O INIMIGO? oc Rv
04 1º. de abril: dia da MENTIRA oc
* 07 20 Homem na Lua oc
03 20 Início do out 21.03 oc
Dentro.Fora da IGREJA oc
dom de Ramos: PROVOCAÇÃO oc
04 22 DIA da Terra oc
04.22...Por que a Terra?
07 de abril Hist oc
Por que um burrico? oc
é FERIADO oc
09.01 ESPERANÇA oc
 



14 Domingo de Ramos oc

Oc Domingo de Ramos , entrada triunfal de Jesus em Jerusalém:

      

      OUSADA   ATITUDE   PROVOCATIVA   A   ROMA

  Se todos os judeus tivesem aceitado Jesus como o Messias,

 

AINDA ASSIM Jesus teria sido crucificado pois crucificação era uma condenação romana aos traidores do império. A condenação de Jesus seria a mesma : JESUS NAZARENO, REI DOS JUDEUS_ escrita em grego, hebraico e latim ( João 19.19-20)

que Pilatos mandou afixar sobre a cruz, como era costume, e faz entender a mensagem de Colossenses 2.14: tendo cancelado o esrito da dívida que era contra nós e que constava de ordenanças, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz.

 

 

no domingo que ANTECEDE à Páscoa, alguns costumam levar raminhos : Saiba o motivo...
 ( ADENDO 1  sobre 69a. semana de Daniel   e ADENDO 2 sobre o dinheiro da época)

 

*Domingo de Ramos: 

 *No domingo que antecede ao domingo de Páscoa,  a igreja católica comemora o domingo de Ramos, lembrando a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém,
         
 João 12.13, Mt 21.1-11, Mc 11.1-10, Lc 19.29-38

 

É acontecimento muito significativo:
- cumpre uma das profecias sobre o Messias,  #  Zc 9.9  >  ver ADENDO

* Jesus demonstra ousadia provocativa ao fazê-lo : numa época festiva quando gente de toda parte do mundo chegava a Jerusalém para a Páscoa, fazer entrada triunfal que provoca na  multidão tal manifestação de apreço a um líder não romano, era temerário.
 A multidão pensava que Jesus seria o líder que os livraria de Roma.
                Ac
ham que isso passaria impunemente?


A crucificação era uma condenação romana e, mesmo que todos os judeus aceitassem Jesus como o Messias,  a sentença de Jesus seria a mesma que Pilatos mandou afixar na cruz em grego, hebraico e latim :  Jesus Nazareno, rei dos judeus, João 19.19-20


*Depois da entrada triunfal, Jesus vai ao Templo, onde faz uma cena, expulsando os cambistas do pátio, Mt 21.12

     Saber o contexto Histórico, ajuda a compreender melhor a mensagem implícita. J  Naquela época, havia várias moedas, como hoje. Prosélitos vindos de toda parte do mundo, por causa da Páscoa, precisavam trocar suas moedas pela única moeda aceita pelos sacerdotes para ofertas no templo, e para comprar os animais para o sacrifício:     MOEDA JUDAICA, SEM ESFINGE NENHUMA

    Os cambistas que faziam a troca das moedas, costumavam fazer suas trapaças... Era como se estrangeiros de toda parte quisessem trocar euros, dólares, Libras, yens por REAL.     Logo abaixo, adendo sobre  ' Dinheiros no tempo de Jesus'

 

* Daí, Jesus fala abertamente o relato de Mateus capítulos 21 a 26.1-2: leia-os e... imagine como soaram tais palavras, no contexto da situação ! 
 
Confira o que os outros Evangelhos dizem sobre este ‘dia de Ramos’ de Jesus:    MARCOS 11.1-11,     LUCAS 19 A 21.36   e   João 12 

 

* Nesse ‘dia de Ramos’ de Jesus, há muitas lições para nós: aquiete-se para percebe-las, mas gostaria de destacar duas :

1- ‘vendo os principais sacerdotes e os escribas as maravilhas que fazia, 
e os meninos clamando no templo:- ‘Hosana ao Filho de Davi, indignaram-se’ Mt 21.15

*Dois tipos de pessoas:
i) crianças... em sua simplicidade, percebiam em Jesus  a realeza (filho de Davi, com direito legal ao trono de Israel) e O saudavam: Hosana...

ii) Religiosos e entendidos nas Escrituras...com as cabeças cheias da Palavra, mas os corações vazios de Deus, não percebem o Messias na pessoa de Jesus  

*** A Palavra, como espelho, nos faz refletir: que tipo de pessoas somos?

 

2- ‘a multidão clamava...Hosana ao Filho de Davi, bendito que vem em nome do Senhor.Hosana nas alturas’  Mt 21.9

‘mas a multidão, depois, clamou a uma:Fora daqui com Este, solta-nos Barrabás’
                                                                       Mt 23.18, 21

'mas eles clamavam em contrário, dizendo: Crucifica-O, crucifica-O’ 

* a Multidão... vendo em Jesus o líder que poderia lhes atender ao anseio de liberdade, ACLAMARAM ! 

* A Multidão... vendo Jesus numa pior, que Ele não lhes daria o que queriam, temendo represália de Roma, não hesitaram em ‘virar a casaca’ :
                     # não apenas abandonaram, mas O condenaram!

   J  Não sejamos como a multidão, seguindo a Jesus por interesse. Desprezando e condenando quando não nos dá o que queremos. 
Que estes dias que antecedem a Páscoa, sejam dedicados à reflexão da Palavra #    

 

ADENDO 1

 

Alguns estudiosos marcam a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém como o fim da 69ª semana de Daniel: sete semanas+62 semanas=69 semanas
                       '...será morto o Ungido e já não estará;'  Dn 9.26

   Então,  começa o parênteses do tempo da Graça:  
            *
Dois meses depois (1semana + 50 dias) é Pentecostes:
o Espírito Santo é enviado (At 2)
'inaugurando' a Igreja, dando início ao tempo da Graça, que vai até  que a Igreja vá ao encontro de Jesus nos ares,  no arrebatamento.  2Ts 2.6-7   1Ts 14-17

    Convém notar que nem todos os cristãos são salvos.Na parábola do semeador, é dada a proporção de apenas 1/4  ser boa terra.  Entre os cristãos verdadeiramente salvos, há os ímpios( sl 50.16-21) há o joio ( Lc 13.38) e há os bastardos( Hb 12.8) Os cristãos nominais não serão arrebatados, serão perseguidos e pagarão com a vida a recusa de aceitar a marca da besta, Ap 20.4

 

 No arrebatamento, a Igreja ( reunião dos salvos) é retirada e Israel voltará a ser o centro da atenção de Deus, meio pelo qual Deus intervirá na História,  Dn 9.24-27 
        
# Serão selados 144 mil judeus como testemunhas, Ap 7

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

 

Adendo 2 :  DINHEIROS NO TEMPO DE JESUS

O povo era pobre, entendia perfeitamente o empenho da mulher que perdera uma dracma: era o salário de um dia de trabalho   Lc 15.8, 21.2  Mt 20.2 
*
Moedas de ouro eram raras.  As de prata tinham a esfinge de César mas não era comum entre o povo, por isso Jesus pede que lhe mostrem uma_ Mt 22.19

*Só as moedas de bronze e cobre, de menor valor, eram cunhadas  em Israel, traziam apenas o nome de César [ não a imagem]  e algum símbolo judaico.

* Havia 4 dinheiros  em circulação no tempo de Jesus:
dracmaà grego, denárioà romano,
minaà.fenício, judeuà asse =moedas de menor valor, comum entre as pessoas do povo.

Equivalência

1 mina =100 denários _ Lc 19.13 
1 siclo de prata= 1 estáter =  4 denários  ou 4 dracmas

1 denário = 1 dracma = 16 asses    
Daí, a necessidade de cambistas no pátio do templo

O sistema tributário era pesado_ pagavam impostos
> ao governo sobre 
     i
)bens    ii) renda,  Lc 20.9     iii) 
sobre transações  Mt 22.17 
*
Seus coletores, espalhados por toda a cidade,  eram odiosos e odiados.
  
Ali se  achava Levi quando chamado por JESUS_  MT 9.9
      O publicano que ora, Lc 18.13   e Zaqueu , Lc 19.1

> e ao Templo:
a) um imposto anual sobre varões maiores de 13 anos = Ex 30.13

         2 dracmas por cabeça à 1 estater =  1 siclo  = 4 dracmas ,
                  # “por mim e por ti”_ Mt 17.27

b) era exigido o dízimo de tudo , até dos mínimos temperos.
                  # Mt 23.23 além de ofertas Mt 21.2

*Havia sistema bancário,aplicações e juros
*Transações comerciais eram documentadas,
        # Parábola das minas e do mordomo infiel,  Lc 19.23 ec 16. 6

*Dinheiro era levado em saquinhos e colocados no cinto = faixa larga que ajustava a túnica. Obs:A mulher virtuosa, com senso de oportunidade, fazia cintas aos mercadores, para levarem o dinheiro sob a roupa, junto ao corpo...Pv 31.24 #

 

 







Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2019 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.