Cada Dia, o Ano Todo!
Agosto
D S T Q Q S S
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

07 09 Constituinte oc
07 09 Dever de consci~ oc
Dentro.Fora da IGREJA oc
07 10* Dia da Pizza oc
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
07 de abril Hist oc
08 01 sobre o SELO ...oc
é FERIADO oc
*Devocionais de janeiro oc
 



Cada Dia, o Ano Todo

6 de Abril de 2020

zz

06 de abril    2ª feira santa   multidão ou discípulo?

... iniciamos leitura da última semana de Jesus, lembrando que os relatos dos evangelhos não são idênticos, mas se complementam: Mateus a partir do capítulo 21, Marcos a partir do capítulo 12 e Lucas 19.29 ao cap 24 (ver esboço cronológico no manual de H.H.Halley) Sobre a última semana de Jesus, neste domingo, a igreja católica comemora o domingo de Ramos, lembrando a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém,
João 12.13, Mt 21.1-11, Mc 11.1-10, Lc 19.29-38

Acontecimento muito significativo, cumpre uma das profecias referentes ao Messias, Zc 9.9

Jesus demonstra ousadia provocativa ao fazê-lo : numa época festiva quando gente de toda parte chegava a Jerusalém, fazer entrada triunfal que provoca na multidão tal manifestação de apreço a um líder não romano, era temerário. A multidão pensava que Jesus seria o líder que os livraria de Roma. Acham que isso passaria impunemente ? * Alguns estudiosos marcam este acontecimento como o fim da 69ª. semana de Daniel, quando começa o parênteses que vai durar até quando Israel voltar a ser o meio pelo qual Deus intervirá na História. Dn 9.24-27

Tudo isso é importante e denso de significado. Mas gostaria de deixar com vocês uma das mensagens que não esqueço: aquela mesma multidão, que ovacionou Jesus como rei, quando Ele entrou em Jerusalém _ ao ver Jesus numa pior, incapaz de realizar-lhes o sonho de liberdade, instigada pelos sacerdotes, preferiu Barrabás, ( seria este um líder mais eficaz?) e gritou quanto a Jesus: - “Crucifica-O’ Mc 15.7-15 J A multidão buscava a Jesus por interesse próprio, buscando o espetacular, e não hesitou em “virar casaca’ quando as coisas ficaram feias. Os discípulos, que haviam deixado tudo para conviver com Jesus naqueles três anos, apesar de espaventados pelos acontecimentos inesperados(dos quais Jesus havia predito, mas eles não captaram a mensagem), depois, ficaram fiéis aos ensinamentos recebidos, espalhando o cristianismo pelo mundo, cumprindo as ordens de Mt 28.19-20, At 1.8 J A mensagem da cruz espanta a qualquer um, fez até Jesus estremecer; mas a condição para ser discípulo é: “toma sua cruz cada dia, e siga-Me” Lc 22.44, 9.23

E você, faz parte da multidão, ou é discípulo?

zz



Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2020 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.