Cada Dia, o Ano Todo!
Setembro
D S T Q Q S S
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930   
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

08 26 ( 7) BATALHA ESPIRITUAL oc Rv
08 04 Ser Pai ! oc
09 07 Independência oc
08 07 Elo entre gerações oc he
03 Pais de filhos crescidos he
Dentro.Fora da IGREJA oc
09 06 Saber o passado oc
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
08.30...(13) Armadura de Deus oc Rv
07 de abril Hist oc
09 11 Atitude na tragédia*
09 04 Perdão: arma espiritual oc Rv
batle 1- Espada do Espírito oc Rv
08.25 Dia do soldado oc
é FERIADO oc
09.01 ESPERANÇA I oc
*Devocionais de janeiro oc
esperança 2 oc
Deus busca intercessores oc
 



Cada Dia, o Ano Todo

30 de Junho de 2020

xx

Conduta em Amor Pr. Olavo Feijó
O amor de Cristo tem poder de mudar a motivação de nosso comportamento diário:
Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua,
mas por obra e em verdade.(I João 3:18).

O apóstolo João é o escritor bíblico que mais profundamente nos tem revelado o amor de Deus. Além de nos explicar a teologia do amor, ele enfatiza a sua prática diária: “Meus filhinhos, não amemos de palavra nem de língua, mas por obra e em verdade.” O Senhor Jesus, na conhecida parábola do “bom samaritano”, já havia explicitado o lado prático, coerente, da atitude cristã do amor. Na Sua história, o Mestre deixa claro que ser “religioso” não basta. Ele ensinou que Amor deve ter expressão prática, visível, concreta. A conduta cristã do amor se manifesta quando a injustiça é corrigida e o necessitado é atendido.
Foi isso que João quis nos ensinar, alertando-nos a amar “por obra e em verdade”.

* Devido à  tradição de ler e pregar a Bíblia,  apenas nos  cultos,

>não se enfatizando a necessidade  da leitura pessoal  da Bíblia  sem a  conseqüente prática do que Deus sublinhou no coração de cada um....

>  aos poucos, muitos   limitam  a   prática do amor  significando  apenas  a repetição de versículos bíblicos.

Para alguns, “bom crente” é aquele que tem a Bíblia “na ponta da língua”. Daí a ênfase:
                             não amemos de palavra, nem de língua”.

O amor de Cristo tem poder de mudar a motivação de nosso comportamento diário. Tocados por Seu amor, nossa conduta se sente movido a atender às  necessidades dos outros.

É como escreve João

– “amemos…por obra e em verdade”(sem fingimento ou falsidade).

 extr: http://www.creio.com.br/

xx



Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2020 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.