Cada Dia, o Ano Todo!
Agosto
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

08 04 Ser Pai ! oc
07 09 Constituinte oc
07 09 Dever de consci~ oc
* 07 20 Homem na Lua oc
08 07 Elo entre gerações oc he
Dentro.Fora da IGREJA oc
07 10* Dia da Pizza oc
08 03 * COMEMORAÇÕES oc
07 de abril Hist oc
08 01 sobre o SELO ...oc
é FERIADO oc
dia dos avós
 



03 Vale de Jezreel, Reis ( 2 ) dv.vt > Rv

                                                http://www.jesusvoltara.com.br/dicionariobiblico/jezreel_2.htm

           

Heb. Yizre‘e’l  =  “Deus semeia

Nome de um vale. Nos tempos do VT, o nome aplicava-se somente à secção Leste da grande planície que se situa a Norte da cordilheira do Carmelo e a Sul das montanhas da Galileia. Este vale foi o cenário do ataque ao acampamento dos amalequitas e midianitas (Jz 6:33). Mais tarde, contudo, o termo “Vale de Jezreel” passou a incluir toda a planície a Norte da cordilheira do Carmelo. Nos tempos helenísticos, esta área chamava-se
                 >
Planície de Esdraelom (uma modificação grega do nome Jezreel
).     
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
                               
http://cris-silvano.spaces.live.com/blog/cns!D17C0451847E1D7B!315.entry

Jezreel _ A cidade deu nome ao vale de Jezreel:situada sobre o fundamento de uma colina proeminente ao pé do monte Gilboa. O palácio real de Acabe e Jezabel, sobressaia ousadamente sobre este montículo onde muito dos perversos acontecimentos de sua vida ocorreram. Elias cingiu seus lombos e correu adiante do carro de guerra de Acabe desde o monte Carmelo até Jezreel, onde a rainha Jezabel jurou matá-lo, I Rs 18:46; 19:3  Alí,
-
mediante ardil, Jezabel fez  Acabe matar Nabote e ficasse  com a vinha dele, 1Rs 21:16
Mais tarde, Elias, nesta mesma vinha, anunciou que cães comeriam Jezabel, 1Rs 21:23  profecia cumprida quando Jeú entrou em Jezreel, e Jezabel colheu a recompensa de suas obras más: os eunucos a atiraram á rua, os cavalos de carruagem de Jeú a atropelaram sob  seus cascos, e os cães comeram sua carne ,  2Rs  9:30-36  
                   _
Não se tem realizado nem uma escavação nesse lugar.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
http://www.mfa.gov.il/MFAPR/Facts%20About%20Israel/A%20TERRA%20E%20O%20POVO-%20Geografia%20e%20Clima~

O Vale do Jezreel, entre as montanhas da Galiléia e da Samaria, é a região agrícola mais rica de Israel, cultivado por muitas comunidades cooperativas (kibutzim e moshavim). As colinas arredondadas da Samaria e Judéia apresentam um mosaico de cumes rochosos e vales férteis, pontilhados de pomares de velhas oliveiras verde-prata. As encostas aterraçadas, lavradas por agricultores em tempos imemoriais, incorporaram-se à paisagem natural. A população se concentra principalmente em pequenos centros urbanos e grandes aldeias.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
www.ebdweb.com.br/licoes/licao9_0404.htm

 Megido ou Armagedom, palco da maior batalha terrestre de todos os tempos.

O VALE DE JEZREEL -
(  VALE DO MEGIDO = VALE DO ARMAGEDOM
  )
 
CENÁRIO DA BATALHA TRAVADA POR GIDEÃO E OS SEUS TREZENTOS
Quando da divisão da terra, meia tribo de Manassés, inclusive os descendentes de Abiezer, herdaram o território compreendido entre o mar e os territórios das tribos de Aser, Issacar e Efraim. Naquela região ficava o vale de Megido, também conhecido como vale de Jezreel.  Megido ( meghiddô ) foi uma das cidades tomadas por Josué
                                             _  quando invadiu Canaã (Js 12.21).
Pertencia ao território de Issacar, mas foi dada por herança à tribo de Manassés Js 17.11 Manassés _ não conseguiu expulsar  seus antigos moradores cananeus,
                 que continuaram nela como tributários,
Jz 1.27,28; 1 Rs 4.12; 9.15-19; 1 Cr 7.29  
Localizada ao sopé da região montanhosa donorte da serra do Carmelo, na planície de Esdrelon, também conhecida como planície de Megido (antes chamada vale de Jezreel _ Js 17.11,16 ,  estende-se desde os montes de Nazaré, ao norte,
                 até aos montes de Samaria, ao sul, e entre os montes Carmelo e Gilboa.
Ao longo do vale de Jezreel (planície de Esdrelon), corria o rio Quisom (atual Nahr el-Muqatta), começando nas colinas do norte de Samaria, atravessando a planície e banhando, entre outras, as cidades de Suném, Jezreel (1 Rs 18.40), Megido (Jz 5.19), e Jocneão (Js 19.11), indo finalmente desaguar junto ao monte Carmelo, no mar de Acra,
                                  _  próximo a atual cidade israelita de Haifa.
Em toda aquela região, os reis que antecederam Josué, tinham carros de ferro, Js 17.16  Por ela passavam as principais rotas norte-sul, que atravessavam a Palestina ocidental,
                          e  também a importante rota que corria de leste para oeste.
                          e   a estrada principal que ligava a Mesopotâmia ao Egito,
e a estrada de comércio que vinha do sul da Arábia e ia até Gaza, na Filístia,
Jz 6.3,4
 
Por sua localização estratégica, a região era conhecida como campo de batalha das nações. Ao longo dos séculos, ela tem sido palco de inúmeras guerras:
Durante a permanência de Israel na terra prometida, ali aconteceu
1-batalha de
Débora e Baraque contra Jabim, rei de Canaã (Jz caps. 4 e 5);
2- Gideão contra os midianitas (Jz 7);
3-última batalha de Saul contra os filisteus (1 Sm 28 a 31);
3- Elias contra os profetas de Baal (1 Rs 18.40);
4- Ben-Hadade, rei da Síria contra Israel (1 Rs 20);
5- Josias, rei de Judá, contra Faraó Neco (2 Rs 23.29,30).
No Novo Testamento a área de Megido é chamada de Armagedom (har-meghiddôn) , que significa 'monte de Megido'. Ali ocorrerá a terrível batalha final dos reis da terra contra Israel, e da grande vitória de Israel que será promovida por Cristo (Os 1.10,11; 2.14-23; 13.4, 14; Zc 12.1-11; Ap 16.12-16; 19.11-19), quando então se darão as prisões da tríade maligna: Satanás, o anticristo e o falso profeta (Ap 19.19-21; 20.1,2), e terá início o reino milenial.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
II. QUANDO SE DARÁ A VOLTA TRIUNFAL DE CRISTO
Enquanto estivermos nos céus, participando das bodas do Cordeiro e, de suas mãos, recebendo os galardões a que farão jus os trabalhos que realizamos em prol do Reino de Deus, estará a terra vivendo a Septuagésima Semana de Daniel que, profeticamente, terá a duração de sete anos, e pode assim ser dividida:
1. A primeira metade da semana, cuja duração será de três anos e meio, será ocupada pelo governo do Anticristo.
2. A segunda metade da semana, que terá a mesma duração da primeira, caracterizar-se-á pela Grande Tribulação. Por conseguinte, a Septuagésima Semana de Daniel terá, ao todo, a duração de sete anos (Dn
9.27). Logo: a volta triunfal de Cristo, que se fará acompanhar por sua Igreja, ocorrerá sete anos após o arrebatamento. O termo original traduzido por “semana” em Daniel 9.27 é literalmente “setenário”, isto é, sete anos.
Dn 9.27 SOBRE A ASA DAS ABOMINAÇÕES VIRÁ O ASSOLADOR. Cristo referiu-se à visão de Daniel quando disse: 'Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel... ' (Mt 24.15). Estas palavras de Jesus podem referir-se à futura destruição do templo de Jerusalém pelo Anticristo (cf. 2 Ts 2.3,4; Ap 13.14,15)
 
O Que a Bíblia Diz Sobre Armagedom?
Lemos sobre Armagedom em Daniel 11.40-45; Joel 3.9-17; Zacarias 14.1-3; Apocalipse 16.14-16. Essa grande batalha acontecerá nos últimos dias da Tribulação. João nos fala que os reis do mundo se reunirão '...para a peleja do grande dia do Deus Todo-Poderoso. ...no lugar que em hebraico se chama Armagedom' (Apocalipse 16.14,16). O local da reunião dos exércitos é a planície de Esdraelom, ao redor da colina chamada Megido, que fica no norte de Israel, a cerca de 32 quilômetros a sudeste de Haifa.
Segundo a Bíblia, grandes exércitos do Oriente e do Ocidente se reunirão nessa planície. O Anticristo reagirá a ameaças ao seu poder provenientes do sul. Ele também tentará destruir a Babilônia restabelecida no leste antes de finalmente voltar suas forças contra Jerusalém. (Durante centenas de anos a Babilônia, localizada no atual Iraque, foi uma das cidades mais importantes do mundo. Segundo Apocalipse 14.8; 16.9; e 17-18, ela será reconstruída novamente nos últimos dias como uma cidade religiosa, social, política e economicamente poderosa). Enquanto o Anticristo e seus exércitos atacarem Jerusalém, Deus intervirá e Jesus Cristo voltará. O Senhor destruirá os exércitos, capturará o Anticristo e o Falso Profeta e os lançará no lago de fogo (Apocalipse 19.11-21).
Quando o Senhor voltar, o poder e o governo do Anticristo terminarão. O Dr. Charles Dyer escreve sobre esse evento:
Daniel, Joel, Zacarias identificam Jerusalém como o local onde a batalha final entre o Anticristo e Cristo acontecerá. Todos os três prevêem que Deus intervirá na história para salvar Seu povo e destruir o exército do Anticristo em Jerusalém. Zacarias prevê que a batalha terminará quando o Messias voltar à terra e Seus pés tocarem o Monte das Oliveiras. Essa batalha termina com a Segunda Vinda de Jesus à terra... A batalha termina antes mesmo de começar.*
A batalha de Armagedom – na verdade em Jerusalém – será o combate mais anticlimático da história. À medida em que João descreve os exércitos reunidos de ambos os lados, esperamos testemunhar um conflito épico entre o bem e o mal. Mas não importa quão poderoso alguém seja na terra, tal indivíduo não é páreo para o poder de Deus.
O conflito de Armagedom será uma batalha real?
A profecia de Armagedom não é uma alegoria literária ou um mito. Armagedom será um evento real de proporções trágicas para aqueles que desafiam a Deus. Será uma reunião de forças militares reais no Oriente Médio, numa das terras mais disputadas de todos os tempos – uma terra que nunca conheceu paz duradoura. Armagedom será também uma batalha espiritual entre as forças do bem e as do mal. Ela terá o seu desfecho com a intervenção divina e o retorno de Jesus Cristo. (Thomas Ice e Timothy Demy - http://www.chamada.com.br)
Nota
* Chambers, Joseph. A Palace for the Antichrist: Saddam Hussein’s Drive to Rebuild Babylon and Its Place in Bible Prophecy.
Green Forest, AR: New Leaf Press, 1996.
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

     







Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2018 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.