Cada Dia, o Ano Todo!
Dezembro
D S T Q Q S S
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

12.01 frisson de Natal
* ..Vc ama a Deus?
26b MUDANÇAS rfx
26c.Desejar não basta rfx
28 DETERMINADOS
29 .Em tese, rfx
30 .Onde quer chegar?
* 12.10...Bela Mensagem (IBR)
32.Profecias rfx
* 11.23 Oc...*GRATIDÃO (nov)
11.24 *Dia de Graças. lei oc
11.25 Oc...* Thanks Hist
27. Onde quer chegar ?
* 07 20 H, na Lua oc
12 01...* PRÁTICAS dks
7-O reino de Deus (jan)
26a.FECHADO PARA BALANÇO rfx
Dentro.Fora da IGREJA oc
* 12.12...PRECISA, mesmo ? rfx
Oc ...Dia da Bíblia esc
11.26 ...*Em tudo...? oc
* 12.14 ...Faça um folheto oc
26d.Tempo de prosseguir oc
* Pregar o Evangelho oc
* 12.13 Como temos a Bíblia? esc
*12 sobre a data: 25 de dezembro oc
31.Tempo de Mudar oc
26e.O que vc aprende...
Dia da Bíblia oc
12.12 COMO VEIO A SER oc
12.14 Feriado pagão?
 



11.20 Oc..Consciência negra,

Oc 11 20    20 de novembro_ Dia Nacional da Consciência Negra  ( Extr. www.suapesquisa.com/datascomemorativas ) Um pouco de História para saber o que significa isso. De fato, é preciso estarmos CONSCINETES  de nossos atos, do que aprovamos e porque o fazemos, sempre alertas ao que possam representar :  seja eventual opressão da maioria, seja a revolta vingativa da minoria

Data estabelecida pelo projeto lei número 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003,   
- escolhida por ser data da morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, ocorrida em 1695 : 
 este personagem histórico representou a luta do negro contra a escravidão e morreu   defendendo sua comunidade e o direito do negro à liberdade Os quilombos ( formados por negros fugidos) representavam resistência ao sistema escravista e também um forma coletiva de manter a cultura africana no Brasil  
Importância da Data : Momento de conscientização e reflexão ...sobre a importância da influência da cultura e do povo africano na formação da cultura nacional nos aspectos políticos, sociais, gastronômicos e religiosos   É dia que se deve comemorar nas escolas, nos espaços culturais e em outros locais, valorizando a cultura afro-brasileira. Obs: E sobre a importância do imigrante não se diz nada? Muitas outras culturas fizeram do Brasil o que é hoje : gente que trabalhou , trouxe progresso e deu emprego a muitos. Tem o dia do imigrante?  Por que não e  é feriado ?
  
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Mesmo depois de abolida a escravidão no Brasil, mesmo não havendo uma forte discriminação ostensiva no país ( a opinião pessoal deve ser respeitada) , os negros continuaram a  resistir  contra a opressão e as injustiças advindas da escravidão ( até hoje ...) Aqui, se nota- uma pitada de despeito:dizem sempre ter havido  valorização dos brancos como personagens históricos. Como se a história do Brasil tivesse sido construída somente pelos europeus e seus descendentes. Desconhecem os negros ilustres na História do Brasil  por não se ter feito alarde do fato de serem negros pois a cor da pessoa não importa, mas sim sua capacidade e contribuição para a sociedade. Nem os próprios negros conhecem os negros ilustres do Brasil . Alguns foram reconhecido dando seus nomes a ruas: Av Rebouças e Teodoro Sampaio ... 
Será que ativistas afro brasileiros sabem disso? 
 Agora temos a valorização de um líder negro, em nossa história . Convém saber quem era pois  CADA UM ESCOLHE  O LÍDER QUE MELHOR OS REPRESENTA..  Por que não escolheram como  seu representante políticos negros abolicionistas que fizeram leis significativas no processo da abolição ?  A melhor forma de manipular as massas é manter o povo na ignorância. Por isso, cristão foi  comissionado por Jesus para ser SAL ( deter a corrupção)  e LUZ ( esclarecer quanto à verdade em todos os sentidos) .-x-


Aos mais interessados: Saiba Mais:   - Quilombo _comunidade fora da lei, formada por escravos fugitivos das fazendas. *Quilombo dos Palmares : na Serra da Barriga, no município de União dos Palmares (Alagoas).
Nosso personagem (: vejam QUEM eles escolheram como líder da sua  causa ) poderiam ter escolhido um homem culto ou até um presidente do Brasil: Nilo Peçanha, Campos Sales, Rodrigues Alves 
e outros>  que batalharam pela libertação dos escravos de forma  legal 
lei  anti  tráfico, lei do ventre livre e lei do sexagenário  
  A melhor forma de manipular as massas é manter o povo na ignorância. Por isso, cristão foi  comissionado por Jesus para ser SAL ( deter a corrupção)  e LUZ ( esclarecer quanto à verdade em todos os sentidos) .

Zumbi: Nascido livre, foi capturado aos sete anos de idade e entregue a um padre católico, Batizado com  o nome de Francisco,aprendeu a língua portuguesa e a religião católica, chegando a ser coroinha.  Aos 15 anos, voltou a viver no quilombo. Obs: o interessante dessas pessoas sem lei é que, em seus domínios, eles são mais duros e ferozes dos que aqueles a quem eles combatem.,
Em 1675, Zumbi ajuda na defesa ao ataque de portugueses e destaca-se como um grande guerreiro, obrigando os atacantes a se retirarem para Recife, após sangrenta batalha .
Em 1678, o governador da província de Pernambuco tenta acordo como líder Ganga Zumba mas Zumbi coloca-se contra o acordo, por não admitir a liberdade apenas aos quilombolas,  enquanto os negros das fazendas continuavam escravos. Obs:  a escravidão houve desde a Antiguidade e era comum no mundo naquela época. 
Em 1680, com 25 anos de idade, Zumbi torna-se líder do 
quilombo dos Palmares: comanda a resistência contra as tropas do governo, obtendo várias vitórias contra os soldados portu-gueses Durante seu “governo” a comunidade cresce e se fortalece. O líder Zumbi mostra grande habilidade no planejamento e organização do quilombo, além de coragem e conhecimentos militares.
  Em 1694, o 
bandeirante Domingos Jorge Velho organiza grande ataque ao Quilombo dos Palmares. destruindo totalmente Macaco, a sede do quilombo Ferido, Zumbi consegue fugir, porém é traído por um antigo companheiro e entregue as tropas do bandeirante.
     Aos 40 anos de idade, foi degolado em 20 de novembro de 1695 # 
Zumbi é considerado grande líder de nossa história, Símbolo da resistência e luta contra a 
escravidão, lutou pela liberdade de culto, religião e pratica da cultura africana no Brasil Colonial
 O dia de sua morte, 20 de novembro, é lembrado e comemorado em todo o território nacional como o Dia da Consciência Negra. Obs: De fato, é preciso estarmos consciente de nossos atos, do que aprovamos e porque o fazemos, sempre alertas ao que possam representar : 
- seja a opressão da maioria, seja a revolta vingativa da minoria. 

Cristão é para ser luz do mundo _ que esclarece o mundo, Mt 5.13 e 14
                            sal da terra   _   que detém a corrupção 
Assim, convém aproveitar estas datas para ter conversa inteligente com seus filhos, e pessoas de sua área de influência. Vendo seu interesse pelo que elas pensam, estarão abertas para saber a sua opinião, também. Convém expor suas idéias não de modo taxativo, mas fazer perguntas que fazem pensar  Ah! é até bom fazer um roteirinho por escrito, para saber de antemão o que pretende dizer.  -x-

Aos mais interessados,  Contexto Histórico :   ver no site    :     www.perolaspreciosas.com.br 

No período de escravidão no Brasil (séculos XVII e XVIII), os negros fugitivos se refugiavam com outros em igual situação em locais bem escondidos e fortificados das matas: os quilombos,onde viviam de acordo com sua cultura africana, plantando e produzindo em comunidade. Na época colonial, o Brasil chegou a ter centenas destas comunidades espalhadas, principalmente, pelos atuais estados da Bahia, Pernambuco, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais e Alagoas.
  Por ocasião da invasão holandesa, em
Pernambuco, em 1630,   muitos dos senhores de engenho  abandonaram suas terras e grande número de escravos fugiu, buscando abrigo no Quilombo dos Palmares, localizado em Alagoas_ o que fez crescer bastante sua população
  Em 1670, abrigava cerca
de 50 mil escravos, conhecidos como quilombolas. O costume de ( roubar) pegar às escondidas  alimentos (?) das plantações e dos engenhos existentes em regiões próximas;  incomodou bastante  os habitantes da região, fazendo com que fossem combatidos -tanto pelos holandeses (primeiros a combatê-los) quanto pelo governo de Pernambuco, - sendo que este último contou com os  ser­viços  do bandeirante Domingos Jorge Velho.A 
luta durou por volta de cinco anos; contudo, apesar de todo o empenho e determinação dos negros chefiados por Zumbi, eles, por fim, foram derrotados.
          Os quilombos representaram uma das formas de resistência e combate à escravidão. Rejeitando a cruel forma de vida, os negros buscavam a liberdade e  o resgate da cultura e a forma de viver que tinham na África : muito  contribuindo para a formação da
cultura afro-brasileira.  
# mas não se pode dizer que buscavam dignidade, pois roubar é indigno.
Poderiam ter se contentado em ser livres, do modo como vivam na África, sem  roubar os brancos
. 

História da Escravidão: Introdução 
          A escravidão existiu desde o antigo Egito como forma  de sujeição dos povos conquistados. 

 Seguindo o modelo histórico, portugueses, espanhóis e ingleses que superlotavam os porões de seus navios de negros africanos,  vendendo-os na América,  sendo tratados de forma  desumana e cruel           #  como sempre o foram todos os escravos.
Capitães-de-mato
que perseguiam os negros fugitivos no Brasil, dos Palmares, da Guerra de Secessão dos Estados Unidos, mas também muitos abolicionistas dedicaram-se ao combate da escravidão.
   A escravidão é bem mais antiga do que o tráfico do povo africano: vem dos primórdios da História, quando os povos vencidos em batalhas eram escravizados por seus conquistadores. Muitas civilizações usaram e dependeram do trabalho escravo para a execução de tarefas mais pesadas e rudimentares. Grécia e Roma, entre elas, detinham um grande número de escravos; contudo, muitos de seus escravos eram bem tratados e tiveram a chance de comprar sua liberdade.  

Escravidão no Brasil _  Iniciou com a produção de açúcar na primeira metade do século XVI( anos de 1500) Trazidos pelos  portugueses de suas colônias na
África para utilizar como mão-de-obra escrava nos engenhos de açúcar do Nordeste, os negros africanos eram vendidos como se fossem mercadorias( como  o foram todos os escravos da História) Eram trazidos da África para o Brasil nos porões dos navios negreiros amontoados, em condições desumanas: muitos morriam antes de chegar ao Brasil,  sendo seus corpos lançados ao mar ( como se faz com todos que morrem nos navios)  
 Nas fazendas de açúcar ou nas minas de ouro, a partir do século XVIII (anos de 1600)  os escravos eram tratados.
..como escravos: trabalhavam muito (de sol a sol), recebendo apenas trapos de roupa e uma alimentação de péssima qualidade. Passavam as noites nas senzalas (galpões escuros, úmidos e com pouca higiene) acorrentados para evitar fugas. Eram constantemente castigados fisicamente, # sendo o açoite a punição mais comum no Brasil Colônia ( vejam como os brancos era maus).
Proibidos de praticar sua religião ou de realizar suas festas e rituais africanos,tinham que seguir a religião católica, imposta pelos senhores de engenho, adotar a língua portuguesa na comunicação. Apesar das  imposições e restrições, não deixaram a cultura africana se apagar. Escondidos, realizavam seus rituais e festas,  mantiveram suas representações artísticas e  até desenvolveram uma forma de luta: a
capoeira.
As mulheres negras também sofreram muito com a escravidão, embora os senhores de engenho utilizassem esta mão-de-obra, principalmente, para trabalhos domésticos. Cozinheiras, arrumadeiras e até mesmo amas de leite foram comuns naqueles tempos da
colônia.
      No Século do Ouro (XVIII) alguns escravos conseguiam comprar sua liberdade após adquirirem a carta de alforria. Juntando alguns 'trocados' durante toda a vida, conseguiam tornar-se livres. Porém, as poucas oportunidades e o preconceito da sociedades acabavam fechando as portas para estas pessoas.
       O negro reagiu à escravidão, buscando uma vida digna (?) :  grupos de escravos fugiam, formando nas florestas os famosos
quilombos. Estes, eram comunidades bem organizadas, onde os integrantes viviam em liberdade, através de uma organização comunitária aos moldes do que existia na África. Nos quilombos, podiam praticar sua cultura, falar sua língua e exercer seus rituais religiosos.           #  O mais famoso foi o Quilombo de Palmares, comandado por Zumbi.

Campanha Abolicionista e a Abolição da Escravatura

A partir da metade do século XIX( 1850) a escravidão no Brasil passou a ser contestada pela Inglaterra.:  o Parlamento Inglês aprovou a Lei Bill Aberdeen (1845), que proibia o tráfico de escravos, dando o poder aos ingleses de abordarem  e  aprisionarem  navios de países que faziam esta prática.

Cedendo à PRESSÃO INGLESA, o Brasil adotou medidas  abolicionistas, promulgando leis
:

Em 1850
:  aprovou a Lei Eusébio de Queiróz que acabou com o tráfico negreiro.
Em 1871: Lei do Ventre Livre dá liberdade aos filhos de escravos nascidos a partir de 28 de setembro  Em 1885: Lei dos Sexagenários garante a liberdade dos escravos com mais de 60 anos de idade.
à Estas leis davam aos brancos e negros  o tempo necessário para se adaptarem a uma nova realidade

Em 1888, a 13 de maio, com a promulgação da Lei Áurea, pela Princesa Isabel, filha de Pedro II,
                                        # foi abolida a escravidão no Brasil 
Somente no final do século XIX (perto de 1900)  é que a escravidão foi mundialmente proibida.

#  Como tudo isso pode ser válido para nós, hoje ? 
    1- a importância de ser livre para escolher ( da livre escolha)  
   -
se Deus nos concedeu o livre arbítrio, como o homem ousa tirá-la de seu semelhante?
                         ( mas aí vem o anticristo que será opressão mundial ! )

  2- a necessidade de  cada um ser considerado por seus méritos ( ou deméritos) pessoais,  
à independente de cor, raça, sexo, posição social 
     
#  favorecer certa classe social só pelo fato de ser ‘ coitadinho’,  já é discriminação
 
*Urge  dar-se  iguais condições  a todos e que cada um conquiste seu lugar por seus próprios méritos

  3- o cuidado com o perigo de querer corrigir erros da História com manifestações pessoais:# lindo ato político, aparentemente humanitário, a abolição dos escravos no Brasil foi um desastre
a) desastre financeiro que levou muitos fazendeiros à falência e abalou a economia Nacional
                                  # de  modo que ainda hoje sofre seus efeitos.
b) desastre social  pois diferenças humanas não se resolvem com a promulgação de leis.
                                 
# como no CASO DOS HOMOSEXUAIS
c) desastre psicológico para brancos e negros :
     - os brancos continuaram a considerar os negros  como pessoas inferiores
         -  os negros continuaram a odiar os brancos pela forma como foram  tratados.

        *Hoje, a ‘vingança’ das minorias e marginalizados é ‘
impor-se sob as penas da lei
Seria bom que a consciência Nacional fosse para o bem comum, não de uns contra outros
J 







Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2017 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.