Cada Dia, o Ano Todo!
Julho
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

07 09 Constituinte oc
07 09 Dever de consci~ oc
Dentro.Fora da IGREJA oc
07 10* Dia da Pizza oc
07 de abril Hist oc
é FERIADO oc
 



04 01 COMO começou ? oc

 Oc 04 01  COMO começou a 'brincadeira' do PRIMEIRO  DE ABRIL?
                 Tudo começou por não existir meios de comunicação de massa,  como hoje !

COMO TUDO COMEÇOU....

Antigamente, o início do ano se dava em PRIMEIRO DE ABRIL
Em 1564, Carlos IX, rei de França, por uma ordonnance de Roussillon, Dauphine, determinou que o ano PASSASSE A COMEÇAR no dia primeiro de janeiro, no que foi seguido por outros países da Europa     É claro que,
no início,( IMAGINEM)   deu um abaita confusão ! 
J Primeiro, por não ser um império mundial,  -
 como o de ROMA, por exemplo;  
   - CADA UM DOS DIVERSOS  MONARCAS REINANTES NA ÉPOCA DEVERIAM ACEITAR A IDÉIA E A PROCLAMAR EM SEU PAÍS. 

2-  OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO AINDA ERAM PRECÁRIOS :
a)   > tudo dependia de emissários do rei enviados às principais províncias 
       Exemplo no livro de Ester 8.13-14    E uma cópia da carta, que seria divulgada como decreto em todas as províncias, foi publicada entre todos os povos, para que os judeus estivessem preparados para aquele dia, a fim de se vingarem de seus inimigos. Partiram, pois, os correios montados em ginetes que se usavam no serviço real, apressados e impelidos pela ordem do rei; e foi proclamado o decreto em Susã, a capital.’ 
Ester 8.13-14

    Não havia rádio, televisão, nem mesmo o jornal
b
)  a invenção da imprensa ‘ engatinhava’ ...
( adendo no final do artigo )

O
primeiro de abril,  ficou conhecido como o Dia da Mentira., por força das brincadeiras feitas com a intenção de provocar hilaridade. Surgiram, então, as brincadeiras (que os franceses denominavam de plaisanteries)
em todo o mundo, Seria um nunca acabar se aqui fossem relacionadas as ‘brincadeiras’ referentes ao primeiro de abril. Até mesmo eram distribuídas cartas convidando amigos para assistirem ao enlace matrimonial de pessoas que nem sequer se conheciam, mencionando a igreja, o dia e a hora em que seria celebrado o suposto casamento.
c) Até a imprensa mundial, por vezes, entra na ‘ brincadeira’
tendo sido publicada uma relação delas na  revista Isto é, de São Paulo, n11_  1488,  edição de 8 de abril de 1998  
Se quiser ver o artigo na íntegra, acessar: 
www.soutomaior.eti.br/mario/paginas/cur_1abr.htm  #

 ADENDO SOBRE A INVENÇÃO DA IMPRENSA:

As técnicas de impressão foram desenvolvidas inicialmente na China, no século VIII, entretanto só passaram a ser utilizadas na Europa, por volta do ano de 1430, quando Coster, na Holanda, iniciou a impressão de livros com a utilização de caracteres móveis de madeira, razão pela qual é considerado por muitos como o pai da imprensa.

   A produção dessas imprensas foi inicialmente restrita a reprodução de manuscritos religiosos. Em 1476, William Caxton deu o primeiro passo na utilização da impressão como veículo para a promoção e divulgação da literatura, estabelecendo, na Inglaterra, a primeira tipografia. Caxton editou, imprimiu e distribuiu mais de  90  livros escritos em língua inglesa.

 

  O crédito da invenção da imprensa, no entanto, foi dado a Gutenberg, alemão, que substituiu por cobre de pois por aço  as pranchas xilográficas com caracteres móveis de madeira.  Criou um processo que consistia em cunhar as letras em matrizes de cobre, com um punção de aço com letras gravadas em relevo, gerando uma espécie de molde de letras, que eram finalmente montadas em uma base de chumbo, tintadas e prensadas. Assim, Gutenberg produziu a primeira Bíblia, impressa em latim, com uma tiragem de cerca de 300 exemplares._ processo que se iniciou cerca de 1450 e que terá terminado cinco anos depois em Março de 1455.


As mudanças econômicas, culturais e tecnológicas ocorridas na Europa, a partir do século XV; tais como desenvolvimento da metalurgia, o fabrico do papel e, principalmente, a explosão intelectual ocorrida com a Renascença; possibilitaram o surgimento das primeiras imprensas. Gradualmente as inovações tecnológicas foram sendo introduzidas aos métodos de impressão: - fabricação mecânica de papel (1798),
- prensas rotativas (
1803)
-
, sistemas fotográficos de gravação de matrizes (1859) e
- métodos mecânicos de composição de tipos móveis, monotipo(1894) e
-  linotipo(  1886).
 O desenvolvimento da composição foto-mecânica marca o fim da época da composição a quente, com ligas de metal fundidas e o início da composição a frio, seguida pelas tecnologias fotográfica e eletrônica 
J

 

      Jamais sonharam com cópias XEROX, E MUITO MENOS com  impressoras caseiras   anexas a computadores  pessoais. J







Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2018 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.