Cada Dia, o Ano Todo!
Outubro
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

08 25 QUEM é O INIMIGO? oc Rv
09 07 Independência oc
09 21 Primavera * oc
10.15 ...* Deus que ensina oc
* 07 20 Homem na Lua oc
11.14 ..cristão tem ídolos? oc
Dentro.Fora da IGREJA oc
10.23...* Dia do aviador, d.e
...Eleições, prs
09 06 Saber o passado oc
10.23 Oc...* Leis da Aerodinâmica
09 16 Camada de Ozonio *oc
07 de abril Hist oc
09 11 Atitude na tragédia*
10 09 dia da criança oc
10.12 APARECIDA oc
10 22 Deus Criador oc
é FERIADO oc
09.01 ESPERANÇA oc
09.02 ORGANIZAR FAZ BEM oc
 



05 ...História de Paulo nt > Rv

A HISTÓRIA DA PESSOA  DE PAULO ESTÁ INTIMENTE LIGADA COM O INÍCIO DA EVANGELIZAÇÃO DOS GENTIOS.CONFIRA DADOS ESPARSOS COLETADOS DE MODO A DAR VISÃO GERAL DA HISTÓRIA FASCINANTE DESSE PERSONAGEM ÚNICO:


A vida pública de Jesus foi acompanhada por pessoa muito especial: 
Saulo de Tarso   
At 22.3  

 

Eu sou judeu, nascido em Tarso da Cilícia, mas criado nesta cidade ( Jerusalém)  instruído aos pés de  Gamaliel  At 5.34 fariseu... doutor da lei, acatado por todo o povo , conforme a precisão da lei de nossos pais, sendo zeloso para com Deus, assim como o sois todos vós no dia de hoje._   Fp 3.4 -7   eu poderia até confiar na carne:se algum outro julga poder confiar na carne,  ainda mais eu : circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; quanto à lei, fariseu;  quanto ao zelo, persegui a igreja; quanto à justiça que há na lei, fui irrepreensível.
  Mas o que para mim era lucro passei a considerá-lo como perda por amor de Cristo:
J Paulo abriu mão de sua FAMÍLIA,  status , BOA REPUTAÇÃO, bens, herança da família .

 

At 9.2   pediu-lhe  cartas  para Damasco, para as sinagogas, a fim de que, caso encontrasse
              - alguns do Caminho, quer homens quer mulheres, os conduzisse presos a Jerusalém.
 
J por esta situação percebe-se que Saulo já  possuía certo  conceito entre os principais dos anciãos: daí se deduzir Jesus morreu  com 33 anos .  Saulo foi contemporâneo de Jesus.

              2Co 5.16    ainda que tenhamos conhecido Cristo segundo a  carne,
                                   contudo agora já não o conhecemos desse modo.
Em 
Atos 8   Saulo deveria ter cerca de  35 ANOS , ser CASADO  e ter FILHOS.

Contando mais 17 anos  que ficou  ‘de molho’ depois de sua  conversão, Gl 1 e 2 
              dá uns
52 anos  quando  começou seu  ministério  cerca de 48AD

64 AD _ foi martirizado   com uns 68 anos ( fiz a conta certa?)

 

   Apêndice  do  livro  de  Atos :    VIAGENS  de  PAULO

 

Atos 1 a 12   fala   do início da  IGREJA com a descida do  Espírito Santo
                                              e como viviam  os primeiros cristãos.

                       Pedro é a figura principal

 


A partir de Atos 13, Saulo pasa a ocupar o cenário central    

           Primeira viagem de Paulo   Atos  13.1  a  14.28

De Antioquia, o Espírito envia Saulo e Barnabé  a Selêucida  e para Chipre

13.5              Em Salamina , João Marcos cooperava com eles  

                    Atravessam a ilha até Pafos  

O procônsul Sérgio Paulo crê em Jesus devido  caso de Elimas , o mágico               

 13.6-12 _   Feitiço que vira contra feiticeiro

 13.9       _   A partir de então , Saulo é chamado de Paulo 13.9

 13. 3     _  Vão para Perge da Panfília,  João volta para Jerusalém 13 3

             _    Em Antioquia da Pisídia _ Paulo prega na sinagoga; rejeitado pelos judeus, aceito por gentios, decide ” nos voltamos para os gentios”  

 A Palavra é divulgada. Surge oposição, são expulsos _  13. 46, 49-51

  14. 1   _    Em Icônio, crêem judeus e gregos . Há  sinais e prodígios  e        

             _    Oposição dos incrédulos, a cidade se divide. Previsto  motim,               

             _    eles  fogem para Listra e Derbe  de Licaônia.

             _    Em Listra,  cura de paralítico ( quase  adorados como deuses)           

             _    Uns vêm de Antioquia, instigam os ânimos: Paulo apedrejado

            _    Deixado como morto, é recolhido por alguns discípulos.,

            _     Vai com Barnabé, para Derbe e voltam por onde vieram_

 v21-23          Listra, Icônio, Antioquia:  confirmam-lhes a fé, constituem anciãos

  14.26  _      Vão para Pisídia e  Panfília, de Perge para a  Atália

  14.27      _  Navegam de volta para Antioquia ( sede). Dão relatório  14.27

 

    1O. Concílio da Igreja _em  Jerusalém    Atos  15.1-29

 15.1, 20      Assunto:  _ resolver a questão da circuncisão _  15.1, 20

 15.3, 29                      _  Comunica-se a  decisão por cartas

                                    _ Portadores:  Judas, Silas, Barnabé e Paulo.

 15.33-35  _  Lida a carta em Antioquia _  Judas volta, Silas fica .           

 15. 38      Desavença entre Paulo e Barnabé por causa de João Marcos

 15.39                         _ Afinal, Barnabé  segue com Marcos para Chipre,   

                                  _  Paulo acaba indo visitar as igrejas com  Silas


       Segunda  viagem  de  Paulo  Atos 15.40  a  18.22

16.4-5           Paulo e Silas, passam  pela  Síria e Cilícia:

_  confirmando as igrejas  /   _  lendo a  carta do concílio    

 16.1-3   _   Em Derbe e Listra encontram Timóteo;  vão pela   

              _   Frígia  e  Galácia em direção à Ásia; impedidos pelo Espírito             

              _    vão para a Macedônia:

              _ de Trôade para Samotrácia, de lá para Neápolis  até Filipos _ a         

              _ Filipos _ a primeira cidade da Macedônia

                             _   Lidia,  convertida e batizada , hospeda-os

                             _  Pela cura uma vidente, Paulo e Silas são presos;

                             _   O carcereiro e sua família crêem e são batizados.”

                                  “Crê no Senhor Jesus...serás salvo e t/casa”  16.32

 At 17  _  No dia seguinte, com as desculpas dos magistrados ao saberem serem eles romanos, pedem que  saiam da cidade  Chegam a Tessalônica -       

 17. 8   _  Há conversões de judeus, gregos e algumas mulheres 

                  “os que  têm alvoroçado o mundo, chegaram...aqui”

           _  Jason, levado aos magistrados por tê-los acolhido, mas é solto.        

 17.10  _  A dupla dinâmica vai para Beréia , sendo os bereanos :

17.11                  _ “Mais nobres do que os de Tessalônica” 

                   _ Muitos crêem_ homens e mulheres gregas da nobreza

                    _ De Tessalônica vêm judeus para excitar as multidões.

                        Silas e Timóteo ficam, Paulo é enviado para o mar até...

  17.23        _  Atenas, onde  fala sobre “ o deus desconhecido”    17.23

  18. 3, 5     _  Em Corinto, junta-se a Áquila e Priscila, fazendo tendas.             

                                         ( Silas e Timóteo chegam) 

                   _  Judeus tumultuados  quando Paulo diz  ser Jesus, o Cristo

 18. 6  _                             “desde agora parto para os gentios “ 

Vai para a casa  de Tício.  Crispo, principal da sinagoga, crê no Senhor- com toda a sua casa.
                       Animado por Deus, fica em Corinto um ano e meio.

                  _  Vai para Éfeso com Áquila e Priscila; eles se instalam lá.   

  18.21                         _  Paulo prega na sinagoga mas logo parte para...

 18.23        _  Jerusalém : saúda a igreja, indo a  seguir para ...

                  _   Antioquia, onde fica um tempo.18.23

 

     Terceira viagem de Paulo   Atos  18.23  a   21.16

 19. 1   Passa pela Galácia e Frígia, confirmando os discípulos, chega  a ...         

            Éfeso:  Lá, estivera Apolo- que só conhecia o batismo de João e  

 19. 6   fôra enviado a Corinto. Paulo traz o batismo no Espírito Santo.

 19.10-11        _  Fica em Éfeso por dois anos, faz maravilhas V 10-11

 19.19             _  Livros de ocultismo são queimados em praça pública

( Planos de Paulo: _  ir a Jerusalém_ passando pela Macedônia  e  Acaia,                  

                             _  depois ir a Roma  e Espanha 

19.23-41        Demétrio, o ourives de Diana, cria tumulto sabiamente           

                                  _  dissipado pelo escrivão da cidade 23-41

                _ Paulo parte para a Macedônia, exortando -os!

                _ na Grécia, fica 3 meses;   desde  então, Lucas segue c/ eles  20.5 nos  v6, 14-15

Em Trôade, ressuscita o jovem sonolento    20.9-12

De Mileto, manda chamar anciãos de Éfeso      20.17

                   “em nada tenho minha vida por preciosa “        20.24

21.4           Em Tiro,  fica 7 dias em Tiro
21.8           em Cesaréia fica com Filipe, depois sobem ...
21.15          para  Jerusalém  onde foram recebidos com muita boa vontade  21.17

21.19,31-32              Dá relatório detalhado  21.19,  31-32

Vendo Paulo no templo, judeus da Ásia criam tal  tumulto que até o tribuno romano vem  para intervir

Atos  21.37  a  25.10        Paulo passa de tribunal a tribunal

                                   25.11          até que  apela para César 


Atos  25.13 + cap 26  Paulo perante o rei Agripa

 

      Paulo em viagem para Roma   Atos  27 e 28

       Partem de navio  27.1

       Viagem turbulenta  27.14, 18, 33-37, 42-43,44

       Três meses na ilha de Malta   28.1, 11

        Em Roma, é permitido a Paulo morar sob guarda, dois anos inteiros   28.16 e 31.

 

 

NOTAS SOBRE A  VIDA DE PAULO 

 

1-  Primeira citação :  ocasião da morte de Estevão 
At 7.58   lançando-o fora da cidade, o apedrejavam. E as testemunhas
              depuseram as suas vestes aos pés de um mancebo chamado Saulo.
At 7.60 ......e  Saulo  consentia na sua morte...
At 8.3 [Saulo] porém, assolava a igreja, entrando pelas casas
                   e, arrastando homens e mulheres, os entregava à prisão
At 9.1 [Saulo], porém, respirando ainda ameaças e mortes contra os discípulos do Senhor,
                         dirigiu-se ao sumo sacerdote,

At 9.4    no caminho de Damasco,  uma visão de Jesus : caindo por terra,
              ouviu uma voz que lhe dizia: [Saulo], [Saulo], por que me persegues?

                                         At 22.7  e 13

At 26.14 4 E, caindo nós todos por terra, ouvi uma voz que me dizia em língua hebráica: [Saulo], [Saulo], por que me persegues? Dura coisa te é recalcitrar contra os aguilhões.

At 9.8 [Saulo] levantou-se da terra e, abrindo os olhos, não via coisa alguma;
                 e, guiando-o pela mão, conduziram-no a Damasco.

At 9.11   ANANIAS ENVIADO A  PAULO Ordenou-lhe o Senhor: Levanta-te, vai à rua chamada Direita e procura em casa de Judas um homem de Tarso chamado [Saulo]; pois eis que ele está orando;
At 9.17 Partiu Ananias e entrou na casa e, impondo-lhe as mãos, disse: Irmão [Saulo], o Senhor Jesus, que te apareceu no caminho por onde vinhas, enviou-me para que tornes a ver e sejas cheio do Espírito Santo

At 9.22 [Saulo], porém, se fortalecia cada vez mais e confundia os judeus que habitavam em Damasco, provando que Jesus era o Cristo.

At 9.24 Mas as suas ciladas vieram ao conhecimento de [Saulo]. E como eles guardavam as portas de dia e de noite para tirar-lhe a vida, Paulo sai da cidade em cesto, à noite ...

At 9.26 chegado a Jerusalém, procurava juntar-se aos discípulos;
               -   mas todos o temiam, não crendo que fosse discípulo.

 

  TEMPO DECORRIDO ENTRE A CONVERSÃO E O INÍCIO DO MINISTÉRIO

Gálatas Gl 1.15 -19 Mas, quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe me separou, e me chamou pela sua graça,- revelar seu Filho em mim, para que eu o pregasse entre os gentios, não consultei carne e sangue,  nem subi a Jerusalém para estar com os que já antes de mim eram apóstolos, mas parti para a Arábia, e voltei outra vez a Damasco. Depois, passados três anos, subi a Jerusalém para visitar a Cefas, e demorei com ele quinze dias: não vi a nenhum outro dos apóstolos, senão a Tiago, irmão do Senhor

Gl 1.21 -24 Depois fui para as regiões da Síria e da Cilícia. Não era conhecido de vista das igrejas de Cristo na Judéia; mas somente tinham ouvido dizer: Aquele que outrora nos perseguia agora prega a fé que antes procurava destruir; e glorificavam a Deus a respeito de mim.

Gl 2.1 -2  passados catorze anos, subi outra vez a Jerusalém com Barnabé, levando também... a Tito.

                At 11.25 Partiu, pois, Barnabé para Tarso, em busca de Saulo

At 13.1 Ora, na igreja em Antioquia havia profetas e mestres, a saber: Barnabé, Simeão, chamado Níger, Lúcio de Cirene, Manaém, colaço de Herodes o tetrarca, e [Saulo].

At 13.2 Enquanto eles ministravam perante o Senhor e jejuavam, disse o Espírito Santo:
                Separai-me a Barnabé e a [Saulo] para a obra a que os tenho chamado.
At 11.30 o que eles com efeito fizeram, enviando-o aos anciãos por mão de Barnabé e [Saulo].

Gl 2.2   ...subi devido a uma revelação, e lhes expus o evangelho que prego entre os gentios, mas em particular aos que eram de destaque, para que de algum modo não estivesse correndo ou não tivesse corrido em vão...Gl 2.9  ao conhecerem a graça que me fora dada, Tiago, Cefas e João, que pareciam ser as colunas, deram a mim e a Barnabé as destras de comunhão, para que nós fôssemos aos gentios, e eles à circuncisão

At 12.25 Barnabé e [Saulo], havendo terminado aquele serviço, voltaram de Jerusalém,
                        levando consigo a João, que tem por sobrenome Marcos.


           UMA SITUAÇÃO  DELICADA ENTRE PAULO e  PEDRO, Gl 2.11
           
Quando, porém, Cefas veio a Antioquia, resisti-lhe na cara, porque era repreensível

J Deus permite que se saiba não ter havido ressentimento entre eles, pois Pedro escreve mais tarde: ‘como faz também em todas as suas epístolas, nelas falando acerca destas coisas, mas quais há pontos [difíceis ]de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, como o fazem também com as outras Escrituras, para sua própria perdição.’    2Pe 3.16 

 

           A partir de  Atos 13,   narrativas das viagens de Paulo , ver Apêndice

 

At 13.1 Ora, na igreja em Antioquia havia profetas e mestres, a saber: Barnabé, Simeão, chamado Níger, Lúcio de Cirene, Manaém, colaço de Herodes o tetrarca, e [Saulo].

At 13.2 Enquanto eles ministravam perante o Senhor e jejuavam, disse o Espírito Santo:
                Separai-me a Barnabé e a [Saulo] para a obra a que os tenho chamado.

At 13.7 que estava com o procônsul Sérgio Paulo, homem sensato.
            Este chamou a Barnabé e [Saulo] e mostrou desejo de ouvir a palavra de Deus.

 

At 13.16 - ...  DISCURSO DE PAULO : Então [Paulo] se levantou e, pedindo silêncio com
                             a mão, disse: Varões israelitas, e os que temeis a Deus, ouvi...

At 13.43 E, despedida a sinagoga, muitos judeus e prosélitos devotos seguiram a [Paulo] e Barnabé, os quais, falando-lhes, os exortavam a perseverarem na graça de Deus

At 13.45 Mas os judeus, vendo as multidões, encheram-se de inveja
                               e, blasfemando, contradiziam o que [Paulo] falava
At 13.46  Então [Paulo] e Barnabé, falando ousadamente, disseram: Era mister que a vós se pregasse em primeiro lugar a palavra de Deus; mas, visto que a rejeitais, e não vos julgais dignos da vida eterna, eis que nos viramos para os gentios ...


At 13.50 Mas os judeus incitaram as mulheres devotas de alta posição e os principais da cidade, suscitaram uma perseguição contra [Paulo] e Barnabé, e os lançaram fora dos seus termos...

(1)  PAULO    ESCREVE  AOS GÁLATAS, cerca de 48AD  J nessa ocasião, Paulo estava com problemas nos olhos, Gl 4.15 Onde está, pois, aquela vossa satisfação? Porque vos dou testemunho de que, se [possível] fora, teríeis arrancado os vossos olhos, e mos teríeis dado.


At 14.9-14    CURA 
                     SÃO CONSIDERADOS DEUSES MAS RECUSAM  ADORAÇÃO
Este ouvia falar [Paulo], que, fitando nele os olhos e vendo que tinha fé para ser curado...

At 14.14 ... Barnabé e [Paulo] ouviram isto, rasgaram as suas vestes
                         - e saltaram para o meio da multidão, clamando ..

 

At 14.19 Sobrevieram, porém, judeus de Antioquia e de Icônio e, havendo persuadido as multidões, apedrejaram a [Paulo], e arrastaram-no para fora da cidade, cuidando que estava morto.

 

At 15.2    CONTENDA COM GENTIOS LEVA  A  PRIMEIRO CONCÍLIO: Jerusalém

Tendo [Paulo] e Barnabé contenda e não pequena discussão com eles, os irmãos resolveram que [Paulo] e Barnabé e mais alguns dentre eles subissem a Jerusalém, aos apóstolos e aos anciãos, por causa desta questão

At 15.12 Então toda a multidão se calou e escutava a Barnabé e a [Paulo], que contavam quantos sinais e prodígios Deus havia feito por meio deles entre os gentios.

At 15.22 Então pareceu bem aos apóstolos e aos anciãos com toda a igreja escolher homens dentre eles e enviá-los a Antioquia com [Paulo] e Barnabé, a saber: Judas, chamado Barsabás, e Silas, homens influentes entre os irmãos.

At 15.35 Mas [Paulo] e Barnabé demoraram-se em Antioquia,
                 ensinando e pregando com muitos outros a palavra do Senhor.

At 15.36 Decorridos alguns dias, disse [Paulo] a Barnabé: Tornemos a visitar os irmãos por todas as cidades em que temos anunciado a palavra do Senhor, para ver como vão.

 

At 15.38  . PAULO SEPARA-SE DE BARNABÉ   E SEGUE COM SILAS, At 15.40
Mas a [Paulo] não parecia razoável que tomassem consigo aquele que desde a Panfília se tinha apartado deles e não os tinha acompanhado no trabalho... At 15.40

 

At 16.3   PAULO CIRCUNCIDA TIMÓTEO  PARA  EVITAR PROBLEMAS COM OS GENTIOS

[Paulo] quis que este fosse com ele e, tomando-o, o circuncidou por causa dos judeus que estavam naqueles lugares; porque todos sabiam que seu pai era grego.

 

At 16.19    EM FILIPOS                                                
                 
PAULO PRESO POR CAUSA DA LIBERTAÇÃO DA MOÇA ADIVINHA

  Ora, vendo seus senhores que a esperança do seu lucro havia desaparecido, prenderam a [Paulo] e Silas, e os arrastaram para uma praça à presença dos magistrados.

At 16.25    NA PRISÃO, CANTAM LOUVORES ...

                        CASO DA CONVERSÃO DO CARCEREIRO  

 

At 17.2    PAULO NA GRÉCIA

                Ora, [Paulo], segundo o seu costume, foi ter com eles;
                  e por três sábados discutiu com eles as Escrituras,

 

At 17.22   NO AERÓPAGO , EM ATENAS

               Então [Paulo], estando de pé no meio do Areópago, disse:
                 -  Varões atenienses, em tudo vejo que sois excepcionalmente religiosos...

 

At 18.1    PAULO EM CORINTO

                Depois disto  Paulo  partiu de Atenas e chegou a Corinto.

(2,3)        PAULO    ESCREVE  AOS   TESSALONICENSES , cerca de 51AD

 

 

At 18.14 E, quando [Paulo] estava para abrir a boca, disse Gálio aos judeus: Se de fato houvesse,
                 -  ó judeus, algum agravo ou crime perverso, com razão eu vos sofreria;

 

At 18.18    PAULO EM ÉFESO , Paulo, (DEPOIS DE ) muitos dias, despediu-se dos irmãos e navegou para a Síria, com  Priscila e Áqüila, havendo rapado a cabeça em Cencréia, porque tinha voto.
At 18.19 E eles chegaram a Éfeso, onde [Paulo] os deixou;
                    e tendo entrado na sinagoga, discutia com os judeus.


At 19.1     AOS EFÉSIOS, BATISMO COM ESPÍRITO SANTO
 enquanto Apolo estava em Corinto, [Paulo] atravessou as regiões mais altas, chegou a Éfeso
                    e, achando ali alguns discípulos
,...19.8  POR   TRÊS MESES
At 19.13   CASO DOS EXORCISTAS JUDEUS

                 Ora, também alguns dos exorcistas judeus...

 

At 19.19    QUEIMA  DE LIVROS  DE ARTES MÁGICAS 

 

At 19.21  INDO  PARA JERUSALÉM,
                PASSA  POR MACEDÔNIA E ACAIA ( Grécia)
(4,5)
                       Paulo escreve aos CORÍNTIOS três cartas , 56-57AD
(6)
                         Paulo escreve aos ROMANOS de Corinto , 58AD

               
At 19.23-41
    FICANDO UM TEMPO NA ÀSIA ( de volta a Éfeso, caso de Demétrio)

 

 

At 19.26   O  EFEITO DA PREGAÇÃO DE PAULO:  estais vendo e ouvindo:
 não é só em Éfeso, mas em quase toda a Ásia, Paulo tem persuadido e desviado muita gente, dizendo     não serem deuses os que são feitos por mãos humanas.

 

At 20.1     PAULO VAI PARA A MACEDÕNIA: MENINO RESSUSCITADO

At 20.9 Êutico,sentado na janela, tomado de um sono profundo enquanto [Paulo] prolongava ainda mais o seu sermão, vencido pelo sono caiu do terceiro andar abaixo, e foi levantado morto.

 

At 20.13  COMPANHEIROS DE PAULO VÃO DE BARCO, ELE VAI   A  

At 20.16 passar ao largo de Éfeso, para não se demorar na Ásia;
               pois se apressava para estar em Jerusalém no dia de Pentecostes, se lhe fosse possível

 

At 20.37   DESPEDIDA   DOS ANCIÃOS DE ÉFESO, NA PRAIA  

 

At 21.4    PAULO AVISADO DO PERGO DE SUBIR A JERUSALÉM , At 21.11

               Havendo achado os discípulos, demoramo-nos ali sete dias;
                  e eles pelo Espírito diziam a [Paulo] que não subisse a Jerusalém.

 

At 21.18   COM TIAGO E OS ANCIÃOS
            No dia seguinte [Paulo] foi em nossa companhia ter com Tiago, e compareceram todos os anciãos.

 

At 21.26   PURIFICA-SE PARA ENTRAR NO TEMPLO ,Paulo], no dia seguinte, tomando consigo aqueles homens, purificou-se com eles e entrou no templo, notificando o cumprimento dos dias da purificação, quando seria feita a favor de cada um deles a respectiva oferta.

 

At 21.29   ACUSAM SEM VERIFICAR OS FATOS
 tinham visto com ele na cidade a Trófimo de Éfeso, e pensavam que [Paulo] o introduzira no templo

 

At 21.30  TUMULTO, EXPUSAM  PAULO DO TEMPLO E O LEVAM PARA  FORA DA CIDADE

Alvoroçou-se toda a cidade+ ajuntamento do povo; e agarrando a [Paulo], arrastaram-no para fora do templo, e logo as portas se fecharam.

 

At 21.32  INTERVENÇÃO DO COMANDANTE 

o qual, tomando logo consigo soldados e centuriões, correu para eles; e quando viram o comandante e os soldados, cessaram de espancar a [Paulo]... At 21.39 Mas [Paulo] lhe disse: Eu sou judeu, natural de Tarso, cidade não insignificante da Cilícia; rogo-te que me permitas falar ao povO

At 21.40    DISCURSO DE PAULO AO POVO

 

At 22.24    SABER QUE É CIDADÃO ROMANO FAZ PAULO SER TRATADO COM DEFERÊNCIA

 o comandante mandou que levassem [Paulo] para dentro da fortaleza, ordenando que fosse interrogado debaixo de açoites, para saber por que causa assim clamavam contra ele. At 22.25 Quando o haviam atado com as correias, disse [Paulo] ao centurião que ali estava: É-vos lícito açoitar um cidadão romano, sem ser ele condenado?... At 22.29 Imediatamente, pois se apartaram dele aqueles que o iam interrogar; e até o comandante, tendo sabido que [Paulo] era romano, atemorizou-se porque o havia ligado


At 22.30   NOVO DISCURSO DE PAULO
 No dia seguinte, querendo saber ao certo a causa por que ele era acusado pelos judeus, soltou-o das prisões, e mandou que se reunissem os principais sacerdotes e todo o sinédrio; e, trazendo [Paulo], apresentou-o diante deles.

 

At 23.6    CRIA CONFUSÃO AO FALAR DA RESSURREIÇÃO DOS MORTOS Sabendo que uma parte era de saduceus e outra de fariseus, clamou no sinédrio: Varões irmãos, eu sou fariseu, filho de fariseus; é por causa da esperança da ressurreição dos mortos que estou sendo julgado.

 

At 23.10   PAULO  É RECOLHIDO À FORTALEZA   PELO  COMANDANTE

E avolumando-se a dissenção, o comandante, temendo que [Paulo] fosse por eles despedaçado, mandou que os soldados descessem e o tirassem do meio deles e o levassem para a fortaleza.

 

At 23.12     JUDEUS  DECIDEM  MATAR  PAULO:  Quando já era dia, coligaram-se os judeus e juraram sob pena de maldição que não comeriam nem beberiam enquanto não matassem a [Paulo].

 

At 23.16    PAULO, avisado da conspiração pelo  sobrinho,  encaminha-o  ao tribuno,23.18-30
 Mas o filho da irmã de [Paulo], tendo sabido da cilada, foi, entrou na fortaleza e avisou a [Paulo].

                                  

At 23.24    O COMANDANTE TRANSFERE PAULO PARA O GOVERNADOR FELIX

 mandou que aparelhassem cavalgaduras para [Paulo... a fim de o levarem salvo ao governador Félix. 
           
J COM MEDO QUE DE QUE ALGO AONTECESSE COM PAULO NA JURUDIÇÃO DELE

At 23.25-30      CARTA DO TRIBUNO  CLAUDIO LÍSIAS  A    FÉLIX
At 23.31  Os soldados conforme lhes fora mandado, tomando a [Paulo], o levaram de noite a Antipátride.

At 23.33           PAULO EM CESARÉIA

                          logo que chegaram a Cesaréia e entregaram a carta ao governador,
                                                                              -  apresentaram-lhe também [Paulo].

Não há mais de doze dias, At 24.11

At 24.1           PAULO ANTE FÉLIX     Cinco dias depois o sumo sacerdote Ananias desceu com alguns anciãos e um certo Tertulo, orador,
                               os quais fizeram, perante o governador, queixa contra [Paulo].

At 24.10 -21        DEFESA  DE   PAULO

 

At 24.22- 23    ATITUDE DO  GOVERNADOR  FÉLIX: DECIDE AGUARDAR LÍSIAS 

E ordenou ao centurião que [Paulo] ficasse detido, mas fosse tratado com brandura
                                     - e que a nenhum dos seus proibisse servi-lo.

At 24.24   OUVE A PAULO NA ESPERANÇA DE RECEBER SUBURNO

Alguns dias depois, vindo Félix com sua mulher Drusila, que era judia,
                               mandou chamar a [Paulo], e ouviu-o acerca da fé em Cristo Jesus.

At 24.26     OUVE A PAULO NA ESPERANÇA DE RECEBER SUBURNO

                Esperava ao mesmo tempo que [Paulo] lhe desse dinheiro,
                 pelo que o mandava chamar mais freqüentemente e conversava com ele


passados dois anos:

At 24.27    AINDA MAIS POLITICAGEM
                     teve  
Félix por sucessor a Pórcio Festo;

                     e querendo Félix agradar aos judeus, deixou a [Paulo] preso.

 

At 25.2    ANCIÃOS FAZEM   RECLAMÇAO DE PAULO A   FESTO

 E os principais sacerdotes e os mais eminentes judeus fizeram-lhe queixa contra [Paulo] e, em detrimento deste,.. At 25.4 Mas Festo respondeu que [Paulo] estava detido em Cesaréia, e que ele mesmo brevemente partiria para lá.

At 25.6  PAULO,  PERCEBENDO A MÁ INTENÇÃO GERAL, APELA PARA CESAR

de oito ou dez dias, desceu a Cesaréia; e no dia seguinte, sentando-se no tribunal, mandou trazer [Paulo].... At 25.8 [Paulo], porém, respondeu em sua defesa: Nem contra a lei dos judeus, nem contra o templo, nem contra César, tenho pecado em coisa alguma

 J DEPOIS PAUILO ESCREVE DA PRISÃO AS FILIPENSES: Fp 1.12-13 quero, irmãos, que saibais que as coisas que me aconteceram têm antes contribuído para o progresso do evangelho; de modo que se tornou manifesto a toda a guarda pretoriana e a todos os demais, que é por Cristo que estou em prisões’


 

At 25.9   PEGADINHA...
          Todavia Festo, querendo agradar aos judeus, respondendo a [Paulo], disse:
             Queres subir a Jerusalém e ali ser julgado perante mim acerca destas coisas?

 

At 25.10    ATITUDE DE PAULO:   Estou perante o tribunal de César, onde devo ser julgado;
                                                           nenhum mal fiz aos judeus, como muito bem sabes.

 

At 25.14   SITUAÇÃO:  como se demorassem ali muitos dias, Festo ( procurador) expôs ao rei ( dinastia dos Herodes)  o caso de [Paulo], dizendo:
                                        Há aqui certo homem que foi deixado preso por Félix,...

At 26.1   DISCURSO DE DEFESA DE PAULO  Depois Agripa disse a [Paulo]: É-te permitido fazer a tua defesa. Então [Paulo], estendendo a mão, começou a sua defesa...

 

At 26.24   REAÇÃO DO PROCURADOR (âmbito federal)
 Fazendo ele deste modo a sua defesa, disse Festo( O PROCURADOR)  em alta voz:
                          Estás louco, [Paulo]; as muitas letras te fazem delirar.

At 26.25 Mas [Paulo] disse: Não deliro, ó excelentíssimo Festo, antes digo palavras de verdade e de perfeito juízo

 

At 26.28   REAÇÃO DO REI AGRIPA ( âmbito  estadua )l
                 Disse Agripa a [Paulo]: Por pouco me persuades a fazer-me cristão

At 26.29 Respondeu [Paulo]: Prouvera a Deus que, ou por pouco ou por muito, não somente tu, mas também todos quantos hoje me ouvem, se tornassem tais qual eu sou, menos estas cadeias.

 

At 27.1   PAULO ENVIADO A ROMA 

E, como se determinou que navegássemos para a Itália, entregaram [Paulo] e alguns outros presos a um centurião por nome Júlio, da corte augusta.

 

At 27.3   A BONDADE DO CENTURIÃO
No dia seguinte chegamos a Sidom, e Júlio, tratando [Paulo] com bondade, permitiu-lhe ir ver os amigos e receber deles os cuidados necessários.

 

At 27.9   UMA VIAGEM ATRIBULADA

                Havendo decorrido muito tempo e tendo-se tornado perigosa a navegação,
                     -   porque já havia passado o jejum, [Paulo] os advertia,

At 27.11   O ERRO DE MUITOS: DAR CRÉDITO AO HOMEM LEVA À DESTRUIÇÃO

‘o centurião dava mais crédito ao piloto e ao dono do navio do que às coisas que [Paulo] dizia.

                PARTEM DE BONS PORTOS,    At 27.8,  13

                QUASE CALAMIDADE TOTAL,  At 27.14-20  

                

At 27.21    INTERVENÇÃO DE PAULO

 Havendo eles estado muito tempo sem comer, [Paulo], pondo-se em pé no meio deles, disse: Senhores, devíeis ter-me ouvido e não ter partido de Creta, para evitar esta avaria e perda... At 27.24 dizendo: Não temas, [Paulo], importa que compareças perante César, e eis que Deus te deu todos os que navegam contigo... At 27.31 disse [Paulo] ao centurião e aos soldados J quanto  aos  marinheiros que queriam abandonar o navio , At 27.30
                     - Se estes não ficarem no navio, não podereis salvar-vos.

 At 27.33 amanhecia: [Paulo] rogava a todos que comessem alguma coisa, dizendo: É já hoje o décimo quarto dia que esperais e permaneceis em jejum, não havendo provado coisa alguma.

 

At 27.42-   43  PERDE-SE O NAVIO  MAS   NÃO   AS   VIDAS

                        Nem  as dos prisioneiros:  a idéia dos soldados foi que se matassem os presos...

 o centurião, querendo salvar a [Paulo], estorvou-lhes este intento; e
 mandou que os que pudessem nadar fossem os primeiros a lançar-se ao mar e alcançar a terra;

 

At 28.3    NA  ILHA DE MALTA,   por três meses,   At  28.11

Ora havendo [Paulo] ajuntado e posto sobre o fogo um feixe de gravetos, uma víbora, fugindo do calor, apegou-se-lhe à mão... At 28.6 Eles, porém, esperavam que [Paulo] viesse a inchar ou a cair morto de repente; mas tendo esperado muito tempo e vendo que nada de anormal lhe sucedia, mudaram de parecer e diziam que era um deus.

At 28.8   CURA O PAI DE PÚBLIO, o principal da ilha  _  Aconteceu estar de cama, enfermo de febre e disenteria, o pai de Públio; [Paulo] foi visitá-lo, e havendo orado, impôs-lhe as mãos, e o curou.     

 

At 28.15   PAULO EM ROMA

Ora, os irmãos da lá, havendo recebido notícias nossas, vieram ao nosso encontro até a praça de Ápio e às Três Vendas, e [Paulo], quando os viu, deu graças a Deus e cobrou ânimo.

At 28.16 Quando chegamos a Roma, [o centurião entregou os presos ao general do exército,
            mas,  a  Paulo  se lhe permitiu morar à parte, com o soldado que o guardava.

At 28.25   OS ANCIÃOS VINDOS DE JERUSALÉM DISCORDAM  ENTRE   SI

                 E estando discordes entre si, retiraram-se, havendo [Paulo] dito esta palavra:
                          Bem falou o Espírito Santo aos vossos pais pelo profeta Isaías,

 

QUATRO CARTAS ESCRITAS NA PRISÃO,  cerca de 61-63 AD 

       

Mostra preocupação com firmeza doutrinária 

7- EFÉSIOS  ,  portador: Tíquico Ef 6.21
8- COLOSSENSES :  portador: Tíquico com  Onésimo ( de Colossos) Cl 4.7

9- FILEMON, carta pessoal : mesmo na prisão cuidava de cada um em particular
                 trata do caso do fugitivo Onésimo,  servo de Filemon,de Colossos

      > a  LAODICÉIA, _ UMA CARTA PERDIDA , Cl 4.16

 

10  FILIPENSES  : revela bem a situação em que se encontrava, agradece oferta enviada
                    Epafrodito: trouxe a oferta,fica doente,  Fp 4.18

                                         Volta levando carta de agradecimento, Ef 2.27-28
                          

Segundo os  historiadores e evidências bíblicas,
cerca de 63AD  Paulo, liberto
da prisão, pois nada fizera  contra o Império Romano
               Fez uma série de visitas a igrejas incipientes, o que se nota nas cartas escritas 
11-  TIMÓTEO _   deixado em  EFESO,  1Tm 1.3

12 -   TITO        _    deixado em Creta,   Tito 1.5

 

13 -   A segunda carta a  Timóteo, última carta escrita por Paulo,

                                                           revela situação bem diferente :
cerca de 64AD começa a perseguição aos cristãos após o incêndio de Roma

Agora, Paulo está preso  como líder de seita judaica fora da lei : crime contra o Império
   Sua situação é precária, está numa prisão comum,  2Tm 4. 6- 22
          -  foi abandonado por todos em sua primeira defesa,   2Tm 4.16
              -   Diz a tradição que foi martirizado como exemplo,
                         -  como  também Pedro, nessa mesma época. 
J 

 

DOS 27 LIVROS DO NT

            4   SÃO EVANGELHOS

            1   é  HISTÓRICO, Atos

           13  cartas de Paulo
             1 aos Hebreu de  autor desconhecido

             7 cartas GERAIS:  Tiago (1)  Pedro(2) João (3)  Judas (1)   
             1  APOCALIPSE : único livro profético do Novo Testamento    

 

 

extr   www.perolaspreciosas.com.br 

 

 

 







Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2018 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.