Cada Dia, o Ano Todo!
Agosto
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

08 04 Ser Pai ! oc
07 09 Constituinte oc
07 09 Dever de consci~ oc
* 07 20 Homem na Lua oc
08 07 Elo entre gerações oc he
Dentro.Fora da IGREJA oc
07 10* Dia da Pizza oc
08 03 * COMEMORAÇÕES oc
07 de abril Hist oc
08 01 sobre o SELO ...oc
é FERIADO oc
dia dos avós
 



3- o Cristianismo

PARA IMPRIMIR:  1-  SELECIONE O TEXTO,  CLIC em  ARQUIVO >  IMPRIMIR > SELEÇÃO   
                           
 2-  SELECIONE O TEXTO :  dê C+C _  abra artigo novo no seu computer _  dê C+V  e  Salve! 
                                                       imprima do seu jeito, frente e verso  para economizar papel
                           RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS: CITE SEMPRE A FONTE DE ONDE EXTRAI OS ARTIGOS

Cristianismo está entre as grandes religiões do mundo: hinduismo, budismo, islamismo, judaísmo. Começou com o batismo de Jesus por João Batista, o que deu início ao Seu ministério público. Jesus chamou 12 homens para serem Seus discípulos, conviver com Ele, dar a estes Seus ensinos em particular, preparando-os para dar continuidade à Sua mensagem quando Ele se fosse. O relato da vida de Jesus encontra-se nos Evangelhos Mateus, Marcos, Lucas e João, os quatro primeiros livros do Novo Testamento, exatamente iguais em todas as Bíblias, católicas e evangélicas, salvo nuances de traduções. Seitas, é um caso à parte.

Muitos acorreram para ver a Jesus e ouvi-lO, pelos mais diversos motivos e intenções do coração. A quem olhou para Ele apenas com olhos humanos, os céticos, religiosos ou não, Jesus foi figura contraditória [explica-se... ver 2 Co 4.3-7, 1 Co 2.14]

Muitos foram beneficiados seja por cura, libertação, consolo e/ou esperança. Além dos 12 mais íntimos, teve mais discípulos: 70, Lc 10.1, depois 120... A mesma multidão que acorreu para vê-lO e ser beneficiada, foi a que gritou, instigada pelos sacerdotes “Crucifica-O. Crucifica-O.” Os discípulos tiveram outra atitude. Multidão ou discípulo, a que grupo você pertence? [ouvi essa pregação há muitos anos...]

Crucificado e morto, Jesus ressuscitou ao terceiro dia, aparecendo a Seus discípulos, dando-lhes Suas últimas instruções. Após 40 dias de Sua morte, foi elevado aos céus, Atos 1.9-11. Ordenou aos discípulos que permanecessem em Jerusalém até que do alto fossem revestidos de poder, conforme promessa sobre o Espírito Santo, Jo 14.16, At 1.4. E assim fizeram At 1.12-14.

No Pentecostes, festa judaica 50 dias após a Páscoa, ocorre o derramar do Espírito Santo, 2.1-6 evidenciado por vento tempestuoso, línguas de fogo sobre as cabeças dos discípulos, falar noutras línguas e ousada pregação de Pedro traduzida pelo Espírito, aos estrangeiros, judeus prosélitos que vieram para as festas, resultando na adesão de mais quase três mil homens [mulheres e crianças não contavam] 2.41. Agora sim, equipados pelo Espírito, poderiam cumprir a ordem de Jesus 'Ide' Mt 28. 19, At 1.8.

Tem início a Igreja, corpo do qual Cristo é cabeça, que cresce cada vez que alguém se converte, aceitando Jesus como Seu Salvador pessoal e Senhor.

Tão marcante foi o impacto do Cristianismo [At 17.6] que, todos os dias, ao colocar a data, jornais e documentos do mundo inteiro, atestam que Jesus veio e mudou o curso da História. Antes de Jesus o tempo é contado regressivamente, a partir de Jesus é contado progressivamente. Essa, é outra história.

Como o Cristianismo chegou até nossos dias é matéria da História da Igreja. Em suma, espalhados pelo mundo por causa das perseguições, cristãos davam testemunho de Jesus com suas vidas e mensagens. As próprias perseguições serviram de alavanca para sua divulgação. Ao serem presos, davam testemunho aos magistrados que eram obrigados a ouvi-los para julgá-los. Ao serem torturados e mortos, deixavam todos intrigados: Que Jesus é esse que as pessoas préferem a morte a negá-lo? Houve dez perseguições oficiais por parte de imperadores romanos. Era ilegal ser cristão.

  • Legalizada por Constantino [313 AD] acabam-se as perseguições.
  • Oficializada por Teodósio [378–95] houve adesão dos pagãos por decreto imperial.

Agregados por força da lei, pagãos cristianizam seus costumes: idolatria e superstições são introduzidos na igreja, organização humana que se denominou universal, daí Católica. Por causa de divergências entre Bispos de Metrópoles, Roma e Constantinopla, há um cisma, surgindo a Igreja Ortodoxa Grega. A título de se preservar a doutrina ortodoxa (orto = correta, ex: Orto-ótica, orto-pedia...] só os clérigos tinham acesso às Escrituras e podiam ensiná-las com retidão. As Escrituras são tiradas das mãos do povo.

Na Idade Média, grassava a ignorância, no sentido de que todo o saber ficou restrito aos clérigos, e olhe lá... Houve a maior oposição quando se soube que o sol era o centro de nosso sistema [não a Terra]. E surgiu a teoria da redondeza da terra [que Colombo tentava provar chegando às Índias pelo ocidente, lembra das aulas de História do primeiro grau?]. No sentido de coibir abusos heréticos estavam oferecendo diminuição das penas do purgatório mediante certa quantia em dinheiro. Lutero, padre da igreja católica de Roma, escreve as famosas '95 teses' que são afixadas na porta da igreja onde isso ocorria. Tal fato desencadeou a Reforma que veio a dar origem à igreja reformada e aos “protestantes” [assim chamados alguns que protestaram quanto a certas medidas arbitrárias decididas em Concílio.

Com o Renascimento, a Bíblia é traduzida para línguas vivas, as que são faladas até hoje. [Antes havia 3 versões Velho Testamento, original em hebraico e a Septuaginta – tradução para o grego. A Vulgata escrita em latim]. O Novo Testamento foi escrito em grego. No tempo do império romano, ambos, Velho e Novo Testamento, foram traduzidos para o latim. A descoberta da imprensa agiliza e barateia a divulgação de informações, tem início a era do Livro. A Bíblia volta às mãos do povo.

Divergências de interpretação doutrinárias dão origens às várias denominações, também relacionadas à suas formas de administrar: Anglicana na Inglaterra (oficial), Luteranos (Lutero), Presbiterianos [Calvino], Metodistas é a linha tradicional. A partir do início do sé XX, o movimento Pentecostal desponta de modo impactante [desde os primórdios já existia em forma embrionária] dando ênfase à atuação espetacular do Espírito Santo. Em meio a tudo isso, seitas – linhas de doutrinas que contém afirmações contrárias à sã doutrina, proliferam, sendo caracterizadas por revelação especial ao seu fundador e fanatismo. Assim, chegamos onde estamos. Mas não será sempre como hoje. A História está sendo escrita a cada dia.

O Apocalipse revela como será o tempo do fim. Quando? Só Deus sabe. Atos 1.6-7. De Gênesis à carta de Judas cobre período de cerca de seis mil anos. Quem conhece bem História da Humanidade e a Bíblia fica maravilhado com que precisão de detalhes tudo aconteceu. Falta cumprir apenas o relato a partir de Apocalipse capítulo quatro. Acha que Deus não o fará, exatamente como quis dizer, e que não entendemos bem? Como não o entenderam os antigos profetas que falavam do que havia de acontecer. Para nós, é fácil olhar para trás e ver as profecias já cumpridas. Difícil... O que é difícil? Interpretar o Apocalipse?

Podemos estudá-lo para ter uma idéia do que vem por aí, mas interpretá-lo, afirmar categoricamente, com detalhes, que vai ser assim ou assado... é muita pretensão (no mínimo!).

“Não são as coisas difíceis da Bíblia que me incomodam,
são as que estão bem claramente expressas, e das quais daremos contas' Mark Twain

HOJE é o que importa. As escolhas que fazemos a cada instante determinam nossa existência eterna, com Deus ou sem Deus, perto dele ou separados dEle para sempre.

E você, que escolhas tem feito? Convém que seja por Jesus.








Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2018 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.