Cada Dia, o Ano Todo!
Setembro
D S T Q Q S S
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930   
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

09 07 Independência oc
09 21 Primavera * oc
Dentro.Fora da IGREJA oc
09 06 Saber o passado oc
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
07 de abril Hist oc
09 11 Atitude na tragédia*
09 04 Perdão: arma espiritual oc Rv
09.22 SEM CARRO* ??? oc xx
é FERIADO oc
09.01 ESPERANÇA I oc
*Devocionais de janeiro oc
Deus busca intercessores oc
 



Causar boa impressão %

                                                                           
                           http://www.facebook.com/groups/CBMCBRASIL

                                                                               
                               https://manadasegunda.podbean.com/

3 de agosto de 2020

Vinte e dois anos servindo às comunidades empresarial e profissional


Um Líder que Causaria Boa Impressão em Jesus

Por Rick Boxx

 

Um dos pontos principais para o sucesso nos negócios que tem sido subestimado é a habilidade de causar uma boa impressão nas pessoas com quem nos reunimos, especialmente aquelas que ocupam posições de influência. Todos nós conhecemos a verdade do ditado que diz: você nunca terá uma segunda chance para causar uma primeira boa impressão. Sendo assim, se você tivesse a oportunidade, quem seria a pessoa em quem você gostaria de causar uma boa impressão?

 Deixando o ambiente do mercado de trabalho, o que você acha que seria preciso para impressionar alguém da magnitude de Jesus Cristo? Indiscutivelmente, Ele exerceu mais influência sobre pessoas de todas as nações e culturas do que qualquer outro indivíduo na história. Contudo, no capítulo 7 do evangelho de Lucas, lemos a respeito de um homem que deixou Jesus admirado. Isso é particularmente notável porque, ao contrário de Jesus, aquele líder nem mesmo era judeu, mas, sim, um gentio, um centurião romano.

       Essa breve história fala de um líder militar, um oficial que comandava centenas de homens, pedindo a Jesus que curasse seu servo. Nesse centurião vemos diversas qualidades que podem ajudar cada um de nós a tornar-nos líderes melhores, mesmo no frequentemente impessoal e duro mundo profissional.

1- A profunda compaixão do líder. Em Lucas 7:2 lemos: “E o servo de um centurião, a quem este muito estimava, estava doente, quase à morte.” A primeira qualidade que descobrimos é a compaixão daquele oficial. O texto nos diz que ele considerava muito seu escravo e se preocupava o suficiente a ponto de buscar uma cura divina para ele. Isso era extremamente incomum naqueles dias, dada a diferença de posição dos dois homens, e foi muito compassivo por parte do centurião. Até onde você iria para cuidar de cada membro de sua equipe, inclusive aqueles que estão sob a sua autoridade?


2- 
A sabedoria estratégica do líder. O segundo atributo daquele centurião que se destaca é sua sabedoria estratégica. Ele poderia ter pleiteado aquela causa pessoalmente, ou mesmo tentado exercer seu poder oficial para intimidar Jesus. No entanto, Lucas 7:3 afirma: “Quando o centurião ouviu falar a respeito de Jesus, enviou-Lhe alguns anciãos dos judeus, pedindo-Lhe que viesse curar o seu servo.” O centurião sabiamente escolheu os líderes judeus, pessoas diretamente ligadas a Jesus, para pedirem em seu favor. Selecionar as pessoas certas para representarem você e a sua causa revela sabedoria estratégica.

 

3- A fé corajosa do líder. O último atributo que vemos demonstrado por aquele centurião romano que pediu a Jesus para curar seu servo  milagrosamente éa  sua fé corajosa. Ele obviamente tinha ouvido falar de Jesus e Seus milagres. Apesar de ser gentio e não um judeu, basicamente um estranho à esfera de influência imediata de Jesus, o oficial creu completamente que Jesus poderia curar seu servo. E o que é ainda mais notável ele também estava convencido de que Jesus poderia ordenar a cura sem sequer estar presente!

 

Por isso Lucas 7:9 nos diz: “Ao ouvir estas palavras, Jesus ficou admirado com aquele homem e, voltando-se para o povo que O acompanhava, disse: Eu lhes digo que nem mesmo em Israel encontrei fé como esta.” O centurião não apenas creu que Jesus poderia restaurar a saúde do seu servo, mas também que Ele poderia fazer isso de uma longa distância.

  O ato de intercessão do centurião demonstrou que nada – graves enfermidades, diferenças culturais ou distância – poderia deter a sua fé no ministério de cura de Jesus. De forma similar, devemos todos orar para que a nossa fé em Jesus permaneça forte o bastante para vencer sejam quais forem os obstáculos e problemas empresariais que surjam em nosso caminho.     Próxima semana tem mais!


Questões Para Reflexão ou Discussão

1. Como você respondeu à pergunta inicial: Quem seria a pessoa em quem você gostaria de causar uma boa impressão?

2. Você pode imaginar a tensão sentida pelo centurião ao se determinar a buscar o maravilhoso Jesus, o operador de milagres, para ajudar seu querido servo doente? O que teria passado pela mente do oficial?

3. Qual o papel da compaixão no mundo empresarial de hoje? Você a vê demonstrada com frequência? De que formas? Caso contrário, por que isso é tão incomum?

4. Este Maná fala de “sabedoria estratégia”. Que exemplos você daria de sabedoria estratégica que já vivenciou ou mesmo tenha sido capaz de utilizar em suas circunstâncias de trabalho?

Nota: Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Josué 1:6-7, 9; Provérbios 1:7; 2:6; 10:14-15; 14:8; João 13: 34-35; Tiago 1:5-6.

 

Rick Boxx é presidente e fundador da 'Integrity Resource Center', escritor internacionalmente reconhecido, conferencista, consultor empresarial, CPA, ex-executivo bancário e empresário. Adaptado, sob permissão, de 'Momentos de Integridade com Rick Boxx', um comentário semanal acerca de integridade no mundo dos negócios, a partir da perspectiva cristã. Tradução de Mércia Padovani. Revisão de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com).


MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2020 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL - E-mail: adm.mana@cbmc.org.br - Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e japonês.


Somos contra o SPAM na rede e em favor do direito à privacidade. Esta mensagem não é considerada SPAM, pois o remetente está identificado, o conteúdo claramente descrito e com a opção de exclusão de seu e-mail. Para exclusão do seu nome de nossa lista de mailing , por favor, envie um e-mail para adm.mana@cbmc.org.br escrevendo 'REMOVER' no campo de assunto.


Questões Para Reflexão ou Discussão

 

1. Como você respondeu à pergunta inicial: Quem seria a pessoa em quem você gostaria de causar uma boa impressão?

2. Você pode imaginar a tensão sentida pelo centurião ao se determinar a buscar o maravilhoso Jesus, o operador de milagres, para ajudar seu querido servo doente? O que teria passado pela mente do oficial?

3. Qual o papel da compaixão no mundo empresarial de hoje? Você a vê demonstrada com frequência? De que formas? Caso contrário, por que isso é tão incomum?

4. Este Maná fala de “sabedoria estratégia”. Que exemplos você daria de sabedoria estratégica que já vivenciou ou mesmo tenha sido capaz de utilizar em suas circunstâncias de trabalho?

 

Nota: Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Josué 1:6-7, 9; Provérbios 1:7; 2:6; 10:14-15; 14:8; João 13: 34-35; Tiago 1:5-6.


O CBMC Brasil convida para esta segunda 3 de agosto, as 20h: Evento no canal do Facebook:

fb.com/cbmcbrasil - Principios do Reino de Deus com Rodrigo Campos da RB Marketing e Jornal Bom Dia


 






Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2020 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.